Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Morreu Joaquim Vieira, voz histórica de Bola Branca

Tinha 65 anos. Era uma das vozes históricas da Bola Branca da Rádio Renascença

Maria João Bourbon

Partilhar

Vítima de doença prolongada, Joaquim Vieira faleceu na madrugada deste sábado aos 65 anos, no Hospital de Santo António, no Porto.

Repórter do departamento desportivo da Rádio Renascença, onde trabalhou mais de 25 anos, a voz de Vieira ficaria conhecida nos relatos de futebol, especiais da Bola Branca e ainda nos relatos das etapas da Volta a Portugal em bicicleta. Antes disso, trabalhou na TSF, em rádios locais do Porto e passou também pelas camadas mais jovens do Futebol Clube do Porto.

Natural do Porto, onde nasceu a 22 de dezembro de 1951, é recordado como “um repórter perspicaz” e “narrador peculiar”, com uma “linguagem simples, clara e concisa”, nas palavras de Pedro Azevedo, atual chefe de redação de desporto da Rádio Renascença.

O funeral está marcado para este domingo, pelas 11h, na Igreja Matriz de Gondomar. O corpo está em câmara ardente desde as 15h deste sábado