Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Conceição quer chegar e vencer, Sagan farta-se de o fazer, João Sousa é que já teve melhores dias: o dia desportivo em cinco passos

Casillas foi a grande novidade do primeiro treino do FC Porto 2017/2018. Em Alvalade estreou-se Mathieu e Bruno Fernandes, no Seixal, foi a vez de Chrien. Sagan foi o homem do dia no Tour. Já João Sousa despediu-se de Wimbledon à primeira ronda. Mas desta vez, Wawrinka não ficou a rir.

Expresso

FC Porto

Partilhar

Dragão a aquecer

No Olival, o FC Porto deu início à preparação da época 2017/2018, num dia marcado pelo calor. O novo treinador, Sérgio Conceição, teve 19 jogadores à disposição: Gudiño, Iker Casillas e João Costa (guarda-redes); Alex Telles, Felipe, Marcano, Martins Indi, Rafa, Ricardo Pereira, Víctor García, André André, Fede Varela, João Teixeira, Óliver, Otávio, Sérgio Oliveira, Corona, Galeno e Soares. Hernani não treinou, por lesão.

Houve ainda vários internacionais ausentes - José Sá, Layún, Herrera, Danilo, Aboubakar, Rui Pedro e Marega, todos devidamente autorizados. O mesmo vale para Brahimi e Máxi Pereira. Rúben Neves não compareceu, tal como Boly, ambos apontados ao Wolverhampton, agora treinado pelo ex-FC Porto, Nuno Espírito Santo.

Diego Reyes também passou pelo Olival mas apenas para ser observado pelo departamento clínico. Luizão e Alan Bidi, por sua parte, passaram nos exames médicos e são, ao que tudo indica, reforços da equipa B.

O primeiro treino comandado por Sergio Conceição foi descrito como intenso pelos jogadores. Ao Porto Canal, o técnico disse que viu “vontade de inverter o ciclo de quatro anos sem ganhar nada”.

Os milhões do Arsenal apontam a Alvalade

Em matéria de mercado, o Sporting esteve na ordem do dia, com “A Bola” a avançar que terá chegado a Alvalade uma proposta de 80 milhões de euros do Arsenal por William Carvalho e Gelson Matins. Se o Arsenal perguntou e que resposta o Sporting deu, não é sabido.

Sabido é que Jérémy Mathieu, que o Barcelona autorizou a treinar com o plantel do Sporting, já esteve hoje a trabalhar em Alcochete, tal como Bruno Fernandes, que o clube foi buscar à Sampdoria.

Chrien estreia no Seixal

Na preparação do Benfica, a novidade do dia foi a estreia de Martin Chrien. O médio eslovaco, internacional sub-21, juntou-se ao restante plantel comandado por Rui Vitória, no Seixal, onde os campeões nacionais arrancaram os trabalhos de preparação da nova época na sexta-feira.

Dia de Sagan no Tour

O herói do terceiro dia do Tour foi Peter Sagan. O eslovaco venceu a etapa que ligou Verviers a Longwy, ao sprint, deixando para trás de si Michael Matthews e Dani Martin, isto depois de ter reconhecido que arrancou cedo de mais para o sprint e de lhe ter saltado um pé do pedal. O eslovaco somou a oitava vitória em etapas do Tour.

A geral continua a ser da Sky, com Geraint Thomas de amarelo e Chris Froome agora no segundo posto, a 12 segundos da liderança. Amanhã a etapa é essencialmente plana e sem a inclinação final que hoje fazia de Sagan, Matthews ou Avermaat favoritos.

João Sousa e o seu “carrasco” fora de Wimbledon à 1ª ronda

Depois de ter chegado à terceira ronda de Wimbledon no ano passado, João Sousa caiu ao primeiro jogo este ano, depois de ter sido derrotado, esta segunda-feira, pelo alemão Dustin Brown por 3-6, 7-6 (7-5), 6-4 e 6-4.

Ao início do dia, o português tinha ficado a saber que caiu quatro posições no ranking ATP - é agora o 62º da hierarquia, quando há um ano estava na posição 31- e a queda pode não ficar por aqui.

Quem também não teve um bom dia no All England Club foi Stan Wawrinka, curiosamente o “carrasco” de João Sousa nas primeiras rondas de 2014 e 2015 do torneio. O suíço perdeu diante de Daniil Medvedev, de 21 anos, por 6-4, 3-6, 6-4 e 6-1. Foi a primeira vitória do russo num Grand Slam.

Mais habituado a festejos estão Andy Murray, que este ano defende o título, e Rafa Nadal, quarto cabeça de série, que hoje sairam do court central com uma vitória cada, por 3-0 em ambos os casos. O adversário do britânico nem por isso ficou triste. "Melhor dia da minha vida", partilhou o estreante Bublik na conta pessoal de Twitter.

No feminino, destaque para a vitória da veterana Venus Williams, e ainda de Simona Halep (2) e Elina Svitolina (4). A número 1, Angelique Kerber, estreia esta quarta-feira no torneio na expectativa de trilhar o caminho que a leve a suceder a Serena Williams, agora a gozar um período de descanso e dedicação à gravidez.

O “rei” de Wimbledon, Roger Federer, e o sérvio Novak Djokovic, três vezes campeão em Londres, também entram em jogo.