Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

“Blatter apalpou-me o rabo. Posso falar sobre isto?”: como a notícia do Expresso correu o mundo

Do 0147New York Times” e da CNN, nos Estados Unidos, ao “Guardian” e à BBC, em Inglaterra, os ecos da entrevista da futebolista Hope Solo ao Expresso, acusando o ex-presidente da FIFA de assédio sexual, chegaram aos principais media internacionais

Partilhar

Quando, na passada terça-feira, o jornalista do Expresso Nelson Marques foi à Web Summit, em Lisboa, entrevistar a guarda-redes da equipa de futebol feminino dos Estados Unidos Hope Solo, estava muito longe de imaginar que sairia de lá com um exclusivo mundial que teria eco nos mais prestigiados meios de comunicação internacionais. Mas foi precisamente isso que aconteceu depois de, quando questionada sobre o assédio sexual no mundo do futebol, a jogadora ter revelado que Sepp Blatter, o homem mais poderoso do futebol até ser afastado da FIFA em 2015, a apalpou durante a cerimónia da Bola de Ouro, em 2013.

Nos Estados Unidos, de onde Solo é originária, os principais meios não demoraram a pegar no assunto. Publicações de referência como o "New York Times", o "Washington Post" e a "Time" citaram a entrevista de Solo ao Expresso, bem como uma extensa lista de outros jornais, como o "USA Today", o "New York Post", o "LA Times", o "Chicago Tribune" ou o "Seattle Times". A história chegou também à antena da CNN e aos sites da CBS, Fox e ABC News. As principais publicações desportivas, como a "Sports Illustrated" e a "ESPN", não deixaram também de aludir à notícia do Expresso, assim como os principais meios digitais, do "Mashable" e do "Buzzfeed" ao "TMZ" e a várias edições internacionais do "Huffington Post". Nem o "Business Insider", uma publicação de economia, deixou escapar o assunto.

Na Europa, também nenhuma dos principais meios ignorou a história que coloca o ex-homem mais poderoso do futebol na lista de figuras acusadas de assédio sexual. O primeiro meio a publicar a história foi o prestigiado diário britânico "The Guardian", num artigo coassinado pelo jornalista do Expresso Nelson Marques, responsável pela entrevista a Hope Solo que originou o caso, e pelo jornalista do diário britânico que mais tem escrito sobre a FIFA, David Conn. Vários outros meios deram eco à acusação da futebolista, incluindo a BBC, Sky News e Sky Sports, "The Times", "The Independent", "The Telegraph", "Daily Mail", "Sun" e muitos outros.

Em Espanha, o "El País" escreve que "Hope Solo acusa de abuso sexual a Joseph Blatter", mas o diário de Madrid não está sozinho: do "El Mundo" e do "Público" ao catalão "La Vanguardia", passando pelos desportivos "Marca", "AS", "Mundo Deportivo" e "Sport" e à revista especializada em futebol "Don Balón", nenhuma publicação importante passa ao lado da história revelada pelo Expresso.

O mesmo aconteceu em França (a entrevista é referida por "Le Monde", "Le Fígaro", "Le Parisien", "Courrier International", "L'Obs", "L'Express", "Le Point", "L'Équipe", "Paris Match", RTL, TF1, Europe 1 e vários outros); na Alemanha ("Der Spiegl", "Die Welt", "Stern", "Süddeutsche Zeitung", "Frankfurter Allgemeine Zeitung", "Bild", "Die Zeit", "Handelsblatt", etc.); e em Itália ("La Repubblica", "Corriere della Sera", "Corriere dello Sport", "La Stampa", "Calciomercato", "Rai News", etc.)

No Brasil, o site Globo.com cita a acusação que Solo faz a Blatter na entrevista publicada este sábado na revista do Expresso: "Apalpou minha bunda". A história está em diversas outras publicações do país, dos jornais "Folha de São Paulo", "O Globo" e "Estadão" às revistas "Veja", "Isto É" e "Exame".

Em poucas horas, a notícia espalhou-se por vários pontos do globo, da Austrália a Taiwan e à Índia, um fenómeno absolutamente raro para um meio português.

  • Hope Solo: “O Sepp Blatter apalpou-me o rabo. Posso falar sobre isto?”

    Entrevistas Tribuna

    De passagem pela Web Summit, a histórica e controversa guarda-redes da equipa de futebol feminino dos Estados Unidos deu uma entrevista exclusiva ao Expresso (leia a entrevista completa na revista E de sábado) sobre a igualdade de género e o assédio sexual no desporto. Neste excerto da conversa, acusa o antigo presidente da FIFA Sepp Blatter de a ter apalpado durante a gala da Bola de Ouro de 2012, momentos antes de subir ao palco para entregar o prémio de Melhor Futebolista do Mundo à colega Abby Wambach

  • Hope Solo: “Sepp Blatter grabbed my ass. Can I talk about that?”

    Entrevistas Tribuna

    In Lisbon for Web Summit, the outspoken and controversial former USA goalkeeper gave an exclusive interview to Expresso about gender equality and sexual harassment. In this excerpt from the conversation, she accuses the now disgraced former FIFA President Sepp Blatter of sexually harassing her at the 2012 Ballon D'Or Gala, right before she went on stage to present the female player of the year award