Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Lembra-se da Suíça que venceu todos os jogos em casa no nosso grupo? Pois bem, isso mudou (mas sem consequências)

Está apurada mais uma seleção para o Mundial. Esta passou pelo nosso caminho

FABRICE COFFRINI / Getty

Partilhar

Um nulo caseiro diante da Irlanda do Norte bastou para a Suíça garantir o apuramento para o Mundial de Futebol de 2018. Este foi o primeiro jogo que os helvéticos não venceram em casa no caminho rumo à Rússia. Aliás, os suíços ganharam nove jogos e perderam apenas um na fase de grupos - a única derrota foi precisamente em Portugal, o que atirou os suíços para este play-off.

A jogar em casa, a Suíça teve o domínio do jogo e mais oportunidades, mas não conseguiu marcar. Perto do final, a Irlanda do Norte desperdiçou uma excelente ocasião, com o defesa Rodriguez tirou o golo a Jonny Evans. Valeu à Suíça o golo (de grande penalidade) que marcara no jogo da primeira mão, na Irlanda do Norte.

Seferovic, jogador do Benfica, voltou a ser titular na seleção suíça, saindo a poucos minutos do final.

A Suíça disputou com o Portugal o apuramento direto até ao último jogo do grupo de qualificação. Seria afastada pela diferença de golos, contando apenas uma única derrota.

A Suíça consegue a sua 11ª presença em fases finais do Mundial, a quarta seguida. No último Mundial (2014), chegou aos oitavos de final, sendo eliminada pela Argentina no prolongamento, depois de um nulo no tempo regulamentar. O carrasco dos helvéticos foi o argentino Angel Di María.