Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

“Edu partiu mas nunca nos vai deixar”: morreu o jogador de 20 anos do Boavista que lutava contra um cancro

Clube anunciou a perda nas redes sociais. Jogador tinha renovado já depois de lhe ter sido diagnosticada a doença

Partilhar

Nenhum dia é bom para se morrer mas há dias, como o da véspera de Natal, que acentuam a perda de qualquer família que vê partir os seus precisamente na noite em que as famílias se reúnem para se celebrarem: Edu Ferreira, 20 anos, jogador de futebol mas acima de tudo menino, morreu este domingo.

O Boavista partilhou entretanto uma mensagem de pesar nas redes sociais: "Há mais uma estrela no Céu".

Já depois de ter sido noticiado que Edu Ferreira estava a lutar contra o cancro, o Boavista decidiu renovar com o jogador, gesto que o mundo do futebol - e o demais mundo - fez questão de aplaudir.