Tribuna Expresso

Perfil

Automobilismo

Rali da Catalunha: Dani Sordo domina “em casa”

Foi um dia emotivo no Rali da Catalunha, uma vez que as mudanças de comandante sucederam-se, quase de especial em especial

Pedro Roriz

STR/ EPA

Partilhar

A “correr em casa” e para gáudio da “afición”, o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 WRC) comanda o Rali da Catalunha, no final da primeira etapa.

Foi um dia emotivo, uma vez que as mudanças de comandante sucederam-se quase de especial em especial, com Dani Sordo a chegar ao primeiro lugar na quarta, das seis classificativas do dia, e a mantê-lo até final.

Mais rápido na Super Especial, cumprida ontem, quinta-feira, ao final da tarde, nas ruas de Barcelona, o estónio Ott Tanak (Ford Fiesta RS WRC) perdeu o comando logo no início do dia, com o belga Thiery Neuville (Hyundai i20 WRC) a ascender ao primeiro lugar, com 0,3” de avanço sobre o francês Sébastien Ogier (VW Polo R WCR).

Apesar de ser penalizado por abrir a estrada, o francês tornou-se no terceiro comandante, na terceira prova de classificação, mesmo sem nunca ter sido o mais rápido em especiais: acabou com a vantagem mínima (0,1”) sobre o belga.

Na primeira passagem pela especial de Terra Alta (38,95 km) - a mais extensa da prova -, Sébastien Ogier conseguiu segurar o comando e aumentou a sua vantagem sobre Thierry Neuville para 4,4”, enquanto Dani Sordo era quarto, a 10,2” do primeiro lugar, atrás, ainda, do finlandês Jari-Matti Latvala (VW Polo R WRC), que desistiria a seguir com a suspensão danificada.

Só que na segunda volta pelas três últimas especiais do dia o facto de abrir a estrada levou o francês a perder terreno e Dani Sordo assumiu o comando, para terminar com 17,0” de avanço sobre Sébastien Ogier. Diferença de tempo que terá de defender ao longo da etapa de amanhã.

Entre os RC2, o comando pertence ao sueco Pontus Tidemand (Skoda Fabia R5) que tem 3,0” de vantagem sobre o checo Jan Kopecky (Skoda Fabia R5) que só na segunda passagem por Terra Alta perdeu o comando da categoria.

A etapa de amanhã, sábado, tem oito provas de classificação (139,18 km), já em piso de asfalto, o que já não penalizará Sébastien Ogier (VW Polo R WRC) que parece ter tudo a seu favor para acabar por triunfar nas estradas catalãs.

Classificação geral (após a 1.ª etapa)

1.º, Dani Sordo/Marc Marti (Hyundai i20 WRC), 1.18’44,4”;
2.º, Sébastien Ogier/Julian Ingrassia (VW Polo R WRC), a 17,0”;
3.º, Andreas Mikkelsen/Anders Jaegger (VW Polo R WRC), a 35,1”;
4.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 WRC), a 46,3”;
5.º, Hayden Paddon/John Kennard (Hyundai i20 WRC), a 47,5”;
6.º, Mads Ostberg/Ola Floene (Ford Fiesta RS WRC), a 54,3”; 7.º,
7.º, Kris Meeke/Paul Nagle (Citroen DS3 WRC), a 1’06,3”;
8.º, Craig Breen/Scott Matin (Citroen DS3 WRC), a 1’44,6”;
9.º, Ott Tanak/Raigo Molder (Ford Escort RS WRC), 2’04,4”;
10.º, Eric Camilli/Benjamin Veillas (Ford Fiesta RS WRC), a 3’44,3”.