Tribuna Expresso

Perfil

Automobilismo

Filipe Massa (Williams) na frente nos testes de F1 em Barcelona

Após uns dias de pausa, para apreciação do trabalho desenvolvido, a Fórmula 1 está de regresso ao traçado de Barcelona, para a segunda sessão de testes antes do arranque do Mundial, dia 26, em Melbourne (Austrália)

Pedro Roriz

Dan Istitene/GETTY

Partilhar

Neste primeiro dia de trabalho, o melhor tempo pertenceu ao brasileiro Felipe Massa (Williams), com a equipa de Grove a aparentar ter resolvido os problemas que afetaram Lance Stroll, na semana passada, e que permitiram ao brasileiro completar mais de 160 voltas ao traçado catalão.

Coube ao australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), que “joga em casa” na jornada de abertura, marcar o segundo tempo, a 0,174” de Felipe Massa, mas para isso teve de recorrer aos pneus ultra-macios da Pirelli, enquanto o piloto da Williams garantiu o seu tempo com pneus super-macios.

A Ferrari esteve presente com o alemão Sebastian Vettel, que assegurou a terceira marca do dia, à frente dos dois pilotos da Mercedes, o inglês Lewis Hamilton e o finlandês Valtteri Bottas, com Ferrari e Mercedes, que tinham dominado a primeira sessão, a serem suplantadas pela Williams e a Red Bull.

Para além da Mercedes, também Renault e Sauber tiveram os seus dois pilotos em pista.

Coube ao inglês Jolyon Palmer a ser o homem de serviço da marca francesa, da parte da manhã, tendo de encurtar o seu tempo em pista, em consequência de um problema num sensor, que levou a equipa a trocar a unidade de potência, para de tarde ser o alemão Nico Hulkenberg a estar em acção.

Na Sauber, o alemão Pascal Wehrlein estreou-se ao volante do C36, recuperado que está do acidente em que esteve envolvido na Corrida dos Campeões, e apesar de só ter estado em ação de manhã bateu o sueco Marcus Ericsson, seu colega de equipa.

Tal como na semana passada, a McLaren voltou a ter problemas, desta vez eléctrico, o que implicou a troca de motores, com o belga Stoffel Vandroone a passar muito tempo nas “boxes”.

O francês Esteban Ocon (Force Índia), o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas) e o russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) completaram o lote de pilotos em pista, no primeiro dia da segunda sessão de testes.

Tempos do primeiro dia:

Felipe Massa (Williams/Mercedes), 1’19,726”; Daniel Ricciardo (Red Bull/TAG Heuer), 1’19,900”; Sebastian Vettel (Ferrari/Ferrari), 1’19,906”; Lewis Hamilton (Mercedes/Mercedes), 1’20,456”; Valtteri Bottas (Mercedes/Mercedes), 1’20,924”; Esteban Ocon (Force Índia/Mercedes), 1’21,347”; Nico Hulkenberg (Renault/Renault), 1’21,589”; Kevin Magnussen (Haas/Ferrari), 1’21,676”; Daniil Kvyat (Toro Rosso/Renault), 1’21,743”; Stoffel Vandoorne (McLaren/Honda), 1’22,537”; Pascal Wehrlein (Sauber/Ferrari), 1’23,336”; Marcus Ericsson (Sauber/Ferrari), 1’23,630”; Jolyon Palmer (Renault/Renault), 1’24,790”

Partilhar