Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

O Benfica não tinha de pagar nada a Talisca - e isso está no contrato

No documento assinado entre Benfica e Besiktas há uma alínea que diz que o salário do jogador é encargo dos turcos desde o dia 1 de julho de 2016

Pedro Candeias

Comentários

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

Começou assim: “O Benfica teve um desrespeito muito grande por mim. Quando a minha filha tinha ainda seis dias, o clube pagou o salário de todos jogadores menos o meu”.

Depois de marcar o livre que garantiu o empate do Besiktas na Luz, Talisca acusou o Benfica de não lhe ter pagado o que devia.

Contudo, de acordo com o contrato de empréstimo celebrado entre o Benfica e o Besiktas a que o Expresso teve acesso, ficou estipulado que seria o clube turco a ficar encarregue do salário do jogador logo a partir do dia 1 de julho de 2016. Isto está no ponto 13 (de 23) do referido documento:

“13. Com a assinatura do presente acordo de empréstimo, o Jogador declara acordar e aceitar todos os termos e condições expressas e declara especificamente que não tem de receber ou pedir nada do SLB relativo à época 2106/17.”

De acordo com fonte do Benfica, Talisca “mentiu deliberadamente” sobre o assunto no final do encontro da Liga dos Campeões. A mesma fonte adianta que Talisca procurou, “durante um ano inteiro e junto da direção e da Gestifute” uma forma de conseguir ganhar mais dinheiro, “o que é legítimo”.

Talisca aufere, agora, €1,5 milhões limpos no Besitkas.

O Expresso tentou contactar Jessé Carvalho, um dos agentes de Talisca, mas até agora não obteve resposta do mesmo.

Clique aqui para ver o contrato