Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Rui Vitória: “É um empate saboroso”

O treinador do Benfica ressalvou a boa reação da equipa na 2ª parte, depois de ter sofrido golo, apesar de ter lamentado as “contrariedades” nas lesões

Expresso

Rui Vitória gostou da reação do Benfica depois de sofrer golo no Dragão

JOSE COELHO/LUSA

Partilhar

O Benfica entrou mal, mas acabou bem. E Rui Vitória era um treinador feliz no Dragão, ao contrário de Nuno Espírito Santo. “Queríamos ganhar, mas é um empate saboroso”, admitiu o treinador do Benfica.

“Houve uma 1ª parte que não foi boa da nossa parte, deixámos o FC Porto ter o controlo do jogo e da bola. Depois rectificámos ao intervalo mas sofremos logo o golo no início da 2ª parte”, explicou.

“Quando sofremos a equipa teve uma reação muito boa e soltou-se. Marcámos no final, numa postura de acreditar sempre até ao fim”, ressalvou Vitória, apesar de ter lamentado mais uma lesão na equipa. “Tivemos uma série de contrariedades que acabam por limitar. O Luisão é importante pela experiência que tem. Hoje jogámos para aqueles que não puderam cá estar e para os benfiquistas”.

Rui Vitória também destacou a entrada de André Horta em campo: “Veio dar mais equilíbrio e soluções de passe ao nosso meio-campo, porque não estivemos bem nisso na 1ª parte, a equipa teve dificuldades em ligar o jogo e reagir à perda da bola. Mas depois de sofrermos melhorámos e as substituições foram no sentido de reequilibrar o jogo e procurar o golo”.

Apesar de manter os cinco pontos de vantagem na liderança da Liga, o Benfica ainda tem de percorrer muito campeonato para ser campeão, disse Vitória. “Não estou aqui para o Rui Vitória vencer o que quer que seja, estou aqui para o Benfica vencer muitos jogos e campeonatos. Não vale a pena estar a fazer análises nesta altura do campeonato, ainda há um caminho muito longo a percorrer. Obviamente é preferível estar à frente do que atrás. Vamos jogo a jogo”, concluiu.