Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

UEFA arquiva caso dos vouchers do Benfica

Investigação arrancou após acusações de Bruno de Carvalho no programa “Prolongamento”, da TVI

Expresso

João Carlos Santos

Partilhar

A UEFA arquivou as queixas contra o Benfica no caso dos vouchers. Esta sexta-feira, os encarnados anunciaram no site a decisão do comité disciplina do organismo que tutela o futebol europeu. A queixa tinha sido apresentada pelo Sporting.

“O comité de disciplina da UEFA arquivou as queixas contra o Sport Lisboa e Benfica apresentadas pelo Sporting Clube de Portugal sobre o caso dos “vouchers””, lê-se na página oficial dos encarnados.

A investigação começou em outubro de 2015, depois de o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, ter acusado o Benfica durante o programa “Prolongamento”, da TVI, de corrupção desportiva. O dirigente disse ter conhecimento de que os encarnados em todos os jogos ofereciam “prendas” aos quatro árbitros que compõem as equipas de arbitragem, aos dois delegados da Liga e ao observador dos árbitros.

Oferecer trinta euros por refeição a cada um dos quatro elementos das equipas de arbitragem, em convites dentro das caixas conhecidas por ‘Kit Eusébio’, eram práticas regulares também nos encontros da equipa A e B do Benfica, segundo bruno de Carvalho.