Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Rui Vitória: “Foi uma vitória justa e clara”

O treinador das águias afirmou que os dois golos sofridos resultaram do “marcador avolumado” da equipa

Expresso

Partilhar

O treinador do Benfica, Rui Vitória, em declarações à SportTV, no final do encontro que ditou a passagem da sua equipa às meias finais da Taça de Portugal, após vitória sobre o Leixões por 6-2, referiu que o Benfica tinha o “objetivo de passar os quartos-de-final, o que fez com justiça, num jogo em que o Leixões dificultou a tarefa” até as águias terem marcado o primeiro golo.

Em relação aos dois golos marcados pelo Leixões, Rui Vitória sublinha que resultaram de “desiquilíbrios” da equipa encarnada, mas atribui mérito à equipa do norte, que “jogou um futebol positivo, acreditou que podia marcar e teve esse prémio”.

Quanto à boa exibição de Zivkovic, o técnico mencionou que “tem vários jogadores que são casos sérios e que o Zivkovic é mais um que está a crescer”. Acrescenta ainda que “toda a equipa tem sido boa”.

Referindo-se ao penalti que Jonas deu a Mitroglou para marcar, Rui Vitória afirmou que “são pequenos gestos que ajudam a fazer uma equipa, pequenos pormenores que fazem a diferença e que significam muito para nós. O importante é que ganhemos independentemente de quem marca”.

Sobre a presença no Jamor, o treinador diz que “tem vontade de ir ao Jamor”, mas reforça a ideia de que primeiro ainda tem o Estoril pela frente.