Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Guedes, o menino “matreiro” de Salvaterra que se escondia nas árvores

Depois de crescer no Benfica durante mais de uma década, Gonçalo Guedes troca o estádio da Luz pelo Parc des Princes, onde jogará pelo PSG. Tudo começou em Salvaterra, onde o miúdo era craque... a subir às árvores

Filipa Bulha Pereira

Gonçalo Guedes tem 20 anos e foi formado no Benfica

PAULO CUNHA/GETTY

Partilhar

Para perceber o presente é preciso ir ao passado. E não há ninguém melhor do que Helena Costa para falar do passado de Gonçalo Guedes. “Fui eu que o levei para o Benfica”, revela à Tribuna Expresso a scout do Celtic, que treinou as camadas jovens do Benfica entre 1997 e 2010. “Ele estava em Salvaterra a jogar. Tinha uns 7 ou 8 anos e saltou à vista”, conta.

Foi aí, em 2005, que Guedes iniciou o percurso futebolístico no Benfica. Começou nas camadas jovens - na Geração Benfica - e progrediu para as equipas de competição, até chegar à equipa de juniores. “Ele nos treinos era como é agora: irreverente, divertido, com bola, criava um bom ambiente na equipa. Saltava à vista a capacidade de finalizar. Sobressaía e continua a sobressair e a ser o que era”, diz a treinadora.

Desde cedo mostrou a sua raça e a vontade de estar sempre no topo - literalmente. “Estávamos juntos quase todos os fins-de-semana em torneios. Houve uma vez que fomos todos almoçar a uma escola e eu deixei os miúdos brincar às escondidas, como era normal naquelas idades. Passado um bocado, vieram dizer-me que não sabiam do Gonçalo. Fui à procura dele. Aquilo tinha umas árvores com uns quatro metros e eu olho para a copa de uma das árvores e vejo uma mancha vermelha. Era o Gonçalo com o seu equipamento do Benfica. Portanto, ele subiu aquilo tudo! Era um miúdo distinto dos outros, era matreiro”, conta Helena Costa, que ressalva também o apoio da família na carreira de Guedes: “Ele vivia longe e os pais levavam-no sempre aos treinos”.

Matthew Lewis/Getty

A estreia profissional do jovem "irreverente" surgiu a 19 de abril de 2014. Depois de se destacar nos juniores, tanto no Campeonato Nacional como na Youth League europeia, Guedes foi chamado para a equipa B para jogar contra o Porto B, na II Liga.

Não demorou muito até integrar a equipa principal. Em outubro de 2014 foi chamado por Jorge Jesus e cresceu muito, diz Helena Costa, sobretudo porque jogava numa “posição que não era habitual”, a de avançado.

O primeiro golo aconteceu quase um ano depois, em setembro de 2015, no Benfica 3-0 Paços de Ferreira. No final do mês, numa vitória sobre o Atlético de Madrid, Gonçalo Guedes tornou-se o mais jovem jogador português a marcar um golo na fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA. Na época de 2015/2016, marcou quatro golos pelo clube da Luz e, na época seguinte, sete.

De águia ao peito, venceu duas Taças da Liga (2014/15 e 2015/16) e dois campeonatos nacionais (2014/15 e 2015/16). Para além disso, chegou a ser jogador do mês e jogador revelação da Segunda Liga.

Tão depressa brilha na Luz como em Paris

DR

Aos 20 anos, Gonçalo Guedes acrescenta o azul ao vermelho e branco da camisola e muda-se para Paris. A transferência do jogador para o Paris Saint-Germain estará completa após chegar a França, realizar os típicos exames médicos e, por fim, igualar a assinatura do cartão de cidadão no papel do contrato, como já confirmou o clube francês (AQUI).

Helena Costa diz-se feliz quanto a esta opção do jovem. “Acho que vai ser um passo importante na carreira dele. Teve o mérito e agarrou a oportunidade. Fico feliz porque sei que é o que ele quer”, afirma.

Transferido por €30 milhões, ao que tudo indica, o jovem jogador será a quarta maior venda do clube da Luz, atrás dos €35 milhões de Renato Sanches para o Bayern, dos €36 milhões de Dí Maria para o Real Madrid, e dos €40 milhões (sim, até parece mentira) de Axel Witsel para o Zenit.

Aos 20 anos, Gonçalo Guedes deixa o Benfica, depois de jogar de águia ao peito durante mais de uma década. O Benfica-Leixões (6-2) de 18 de janeiro foi o último jogo do avançado pelo clube. Não marcou, mas deixou a sua marca.