Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Benfica à conquista da Liga dos Campeões júnior

Depois de ter perdido a final com o Barcelona, em 2014, a equipa de juniores do Benfica está novamente perto de atingir o jogo decisivo da Youth League

Lusa

Na época passada, o Benfica foi eliminado nos quartos de final da prova pelo Real Madrid

Gonzalo Arroyo Moreno/Getty

Partilhar

O treinador da equipa de juniores do Benfica, João Tralhão, considera que a presença na 'final four' da UEFA Youth League de futebol é marcante na evolução das jovens 'águias', que ambicionam conquistar a prova que lhes fugiu em 2014.

O conjunto benfiquista vai defrontar o Real Madrid nas meias-finais, na sexta-feira (16h, SportTV1), em Nyon, numa reedição do embate de há três anos, quando as 'águias' bateram os espanhóis, por 4-0, mas acabaram por ceder na final, diante do FC Barcelona (3-0), que vai jogar contra os austríacos do Red Bull Salzburgo na outra meia-final (12h, SportTV1).

"Tínhamos o sonho de chegar novamente à 'final four'. Sabemos o que nos custou chegar aqui. Foi um processo que nos obrigou a trabalhar nos limites em todos os jogos. Essas dificuldades trazem-nos muita ambição para chegar à final", afirmou o treinador João Tralhão, no arranque da preparação para a fase decisiva da prova.

O técnico, de 36 anos, que orienta os juniores 'encarnados' desde 2011/12, considerou que a presença numa competição destas ajuda na evolução dos jovens atletas, tendo em conta a qualidade dos adversários e a consequente dificuldade dos jogos. "É fantástico, é a melhor coisa que pode acontecer a estes jovens. Todos os adversários que temos encontrado têm oferecido as máximas dificuldades e isso traz sempre maior competência", adiantou.

João Tralhão salientou que "a vontade de ganhar e de querer sempre mais" da atual equipa de juniores é igual à de 2014 e frisou que "não há jogadores de primeira nem de segunda" no grupo, que integra alguns elementos que são presença habitual na equipa B, como Rúben Dias, Aurélio Buta, Florentino, Gedson Fernandes, Diogo Gonçalves ou José Gomes.

"Temos grande ambição de levar esta equipa ao sucesso nesta competição e mostrar aos olhos do mundo que o Benfica tem uma formação ao nível das outras e, em determinados aspetos, até mesmo de outro nível", disse, antes de lembrar que o técnico da equipa principal do Benfica, Rui Vitória, "procura diariamente estar a par do que se passa no escalão de juniores".

O médio Florentino Luís, de 17 anos, admitiu que essa maior atenção por parte de Rui Vitória "é um fator extra de motivação" e que jogadores como Gonçalo Guedes e Renato Sanches, que também disputaram a Youth League, são "referências".

"Fizeram um bom caminho na formação e agora estão ao mais alto nível. Isso é o que todos os jogadores da formação querem e vamos tentar seguir esse caminho", disse o jogador, que esta temporada deu o 'salto' para a equipa B, na qual os jovens atletas ganham "uma bagagem maior".

O internacional português sub-17 disse contar com um Real Madrid "muito forte física e taticamente, com grandes jogadores", mas lembrou que este "é um daqueles jogos que todos os jogadores gostam de disputar" e que os 'encarnados' vão "tentar estar mais focados que nunca e ganhar o jogo".

Gonzalo Arroyo Moreno/Getty

Já Aurélio Buta disse que o Benfica está preparado para defrontar os 'merengues': "O Real Madrid é uma equipa forte, que gosta de ter bola, mas estamos preparados para o que vamos encontrar. Sabemos que toda a gente está de olhos postos em nós e vamos continuar focados no nosso trabalho".

Depois de ter iniciado a carreira como extremo, o agora lateral direito, de 20 anos, confessou que a adaptação à nova posição "tem sido uma boa experiência" e mostrou-se preparado para, eventualmente, render Nélson Semedo, o atual 'dono' da posição na equipa principal.

"Tenho de estar sempre preparado para qualquer coisa. Vou continuar a trabalhar sempre e, se um dia tiver de ser chamado, irei agarrar a oportunidade. [Nélson Semedo] É um exemplo para mim, um excelente jogador e tenho-o como referência também", revelou.

O jogo entre Benfica e Real Madrid está marcado para o Estádio Colovray, em Nyon, na sexta-feira, dia em que também se realiza a outra meia-final, entre FC Barcelona, 'carrasco' do FC Porto, e Red Bull Salzburgo, sendo que a final está agendada para 24 de abril.