Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Tetra do Benfica celebrado de norte a sul do país

Automóveis desfilando nas ruas, decorados com bandeiras vermelhas e brancas, restaurantes cheios de adeptos, vestidos a rigor e munidos de cachecóis e bonés e bandeiras encarnadas. As habituais buzinas e os gritos de ordem, como o muito ouvido “O campeão voltou”. O Benfica sagrou-se este sábado tetracampeão e milhares de pessoas saíram às ruas do nosso país - e não só - para celebrar esta conquista

Expresso e Lusa

Adeptos do Benfica festejam no Funchal a vitória no campeonato de futebol 2016-2017, após a vitória sobre o Guimarães esta tarde.

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

Partilhar

Paredes, Funchal, Évora, Braga, Faro e Bissau. De norte a sul do país, milhares de pessoas saíram às ruas para festejar o tetracampeonato do Benfica, que conquistou este sábado o 36.º título nacional, ao vencer o Vitória de Guimarães por 5-0.

BRAGA

Em Braga, os adeptos do Benfica foram chegando - “ainda que em menor número do que em outros tempos” - ao centro da cidade minhota alguns minutos após o fim do jogo com o Vitória de Guimarães, escreve a Lusa. Uma ruidosa caravana automóvel percorreu as principais artérias da zona mais central da Cidade dos Arcebispos.

FUNCHAL

No Funchal, dezenas de pessoas invadirem a Avenida do Mar, na baixa da capital madeirense. Devido à transmissão televisiva do encontro, um dos restaurantes da zona era o centro das atenções de dezenas de pessoas, que, após o apito final, vieram festejar para a estrada, onde rapidamente se começaram a aglomerar os adeptos.

De dezenas passaram a centenas de benfiquistas, chegando quer a pé ou passando na avenida de carro ou de mota, exibindo o vermelho das camisolas, cachecóis e bandeiras.
Alguns mostraram-se preparados, trazendo as suas viaturas 'decoradas' com várias bandeiras e começaram a parar o trânsito numa das vias, saindo do carro para celebrar com as pessoas que se encontravam na rua, fossem amigos ou desconhecidos.

PAREDES

Várias centenas de adeptos concentraram-se na Rotunda 25 de Abril, em Paredes, para celebrar igualmente a inédita conquista do 'tetra' pelo Benfica.

A Casa do Benfica de Paredes, uma das maiores e mais representativas no norte, preparou a festa, com direito a ecrã na rua para acolher todos aqueles que não cabiam nas suas instalações.

O número de adeptos presentes foi ganhando dimensão com o avolumar do resultado no jogo que poderia e decidiu o campeonato, num ritmo acompanhado pelas buzinas dos carros que passavam na rotunda, exibindo, na maior parte dos casos, adereços alusivos ao clube e ao feito hoje confirmado.

Com o apito final do árbitro Jorge Sousa, a festa 'saltou' para a rotunda, entre cânticos em honra dos 'tetracampeões', buzinadelas, muito champanhe e adereços, por parte de quem já lá estava e dos muitos que aproveitam por lá passar ou que iam chegando de carro, cada vez em maior número, apesar dos condicionalismos de trânsito impostos pela GNR.

Como é habitual nestas ocasiões, a circulação automóvel foi cortada nos acessos à rotunda para quem chega vindo de Penafiel, podendo a mesma somente ser atravessada, num único sentido, por quem sai da autoestrada ou vem do Porto.

ÉVORA

A tradicional pacatez alentejana foi interrompida por adeptos do Benfica que 'invadiram' as ruas das principais cidades.

Os festejos concentraram-se na periferia da cidade, sobretudo na Rotunda do Raimundo, onde se juntaram centenas de pessoas, muitas delas equipadas a rigor, com cachecol e boné encarnados.

Na zona intramuros, como o largo das Portas de Moura, os festejos foram reservados apenas para adeptos a pé, que começaram a gritar “SLB” e “Campeões” logo após o apito final do árbitro. Em simultâneo, fora do centro histórico, a avenida circular à cidade foi “ocupada” por caravanas automóveis, com o “engarrafamento” na Rotunda do Raimundo.

As caravanas automóveis, em que imperaram as buzinas, estenderam-se um pouco por todo o Alentejo, região onde o Benfica é um dos clubes com mais adeptos.

FARO

Milhares de adeptos do Benfica invadiram ao início da noite de hoje a baixa de Faro. Ao intervalo já se ouviam os primeiros apitos e buzinas de adeptos na cidade, numa festa que se intensificou após o final da partida.

Os adeptos 'encarnados' foram saindo das suas casas e dos cafés e, cumprindo o habitual ritual dos campeões na capital algarvia, respeitado pelos adeptos de todos os clubes, convergiram para a baixa da cidade.

Com foco na rotunda junto ao jardim Manuel Bivar, juntaram-se centenas e, depois da entrega da taça de campeão, alguns milhares de benfiquistas, vestidos a rigor, com camisolas e cachecóis vermelhos, a celebrar mais um título com os habituais gritos de ordem, como 'o campeão voltou' ou 'glorioso SLB'.

BISSAU

Algumas dezenas de adeptos do Benfica juntaram-se este sábado em Bissau, capital da Guiné-Bissau, na sede do clube 'encarnado' local para assistirem ao jogo com o Vitória de Guimarães e celebrarem o tetra do clube do Luz.

“Benfica campeão”, “Viva Portugal”, gritavam dezenas de jovens e menos jovens pelo clube de Luz, depois de assistirem a um jogo que esteve constantemente a ser interrompido devido ao mau sinal do satélite.

Partilhar