Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Luisão decidiu há dois anos que só se retira daqui a outros dois. Em 2019

Portanto, o central tem duas épocas ainda dentro dele antes de pendurar as chuteiras

Cláudia Alves Fernandes

Carlos Rodrigues

Partilhar

O capitão das águias já definiu “há dois anos” que junho de 2019 é a altura ideal para se despedir dos relvados. O craque brasileiro tem contrato até junho de 2018, mas quer jogar mais um ano antes de dizer adeus.

Em entrevista ao canal brasileiro Esporte Interativo, o defesa central falou em tranquilidade, quanto à especulação da imprensa portuguesa: “A imprensa, principalmente a de Portugal, muitas vezes especula muito em cima disto. Falam da idade, de um passe errado... Mas sempre estive tranquilo em relação a isto. O meu propósito sempre esteve bem definido na minha cabeça. Tenho mais um ano de contrato com o Benfica. A minha ideia é cumprir este ano e ainda jogar mais um. Sendo assim, mais dois anos. Não consigo fugir disto. Quero jogar e preparar-me, mas o importante mesmo é ficar à disposição do clube”.

Antes de se retirar, Luisão prevê ainda para o Benfica, clube pelo qual joga há mais de uma década, “um futuro brilhante na Champions”. “Tenho a certeza absoluta de que o dia vai chegar. Não tem como chegar aqui e não vislumbrar um futuro brilhante para o Benfica na Champions”, adianta o jogador de 36 anos.

Luisão é o jogador do SL Benfica mais perto de igualar o maior campeão de sempre pelos encarnados: o avançado Nené alcançou 20 títulos pelas águias.

A Luisão, faltam-lhe 2 e estas duas épocas em que pretende jogar podem muito bem chegar (e sobrar) para que o jogador de 36 anos iguale o craque português.

Depois de começar carreira no Juventus (São Paulo) e passar, logo a seguir, pelo Cruzeiro, onde jogou até 2003 - ano em que foi campeão -, Luisão aterrou noutro continente e, desde então, jogou sempre de águia ao peito. Além disso, o brasileiro ganhou ainda duas Taças do Brasil (em 2000 e em 2003), também pelo Cruzeiro.

Acima de Luisão (com mais de 500 jogos pelo Benfica), só Nené (com 578), Veloso (com 535) e Coluna (com 518) têm mais, mas o brasileiro é o capitão com mais jogos pelas águias: na época de 2014/2015 superou os 328 de Mario Coluna.

O craque brasileiro já é capitão das águias há uma década, uma vez que se estreou nesse papel na época de 2006/2007 em alguns jogos, devido a lesões de Nuno Gomes e Petit.