Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Rui Gomes da Silva ataca Rui Costa. E Vieira. E Jorge Mendes. E a vice-presidência. E....

Com o alerta de crise quase a soar no Benfica, Rui Gomes da Silva pede respostas e acções dentro do clube. “Haverá um momento em que milhões (de vendas) não mais rimarão com campeões”, avisa o ex-dirigente benfiquista

Expresso

Partilhar

Para Rui Gomes Silva, antigo vice-presidente do Benfica, os encarnados precisam de mudar de estratégia, assumir os resultados conseguidos. E isto aplica-se ao plantel, mas também aos dirigentes do clube.

Num texto publicado na segunda-feira no blogue “Novo Geração Benfica”, o benfiquista atacou tudo e todos. Inclusive o lugar de vice-presidente do Benfica.

Ataca Rui Costa...

No último fim-de-semana circularam notícias que Rui Costa, diretor desportivo do clube, poderia estar de saída do clube. (Recorde-se que Nuno Gomes, responsável pela academia do Seixal há dois anos, abandonou o clube na semana passada.)

A saída de Rui Costa acabou por ser negada, mas por Luís Bernardo, responsável de comunicação do Benfica. O ex-internacional português nunca veio a público desmenti-la. E isso, segundo Rui Gomes da Silva, é um problema e sinal que Rui Costa nunca sairá da sua “zona de conforto”.

“Ao ler a notícia de sábado (...) pensei que não sendo verdade (Rui Costa nunca sairá da zona de conforto onde se encontra porque, independentemente do que faça ou não faça - e eu, depois de lá ter passado, sei o que vale a sua presença naquele lugar - pode dar sempre a ideia de que tudo o que há de bom tem o seu dedo e tudo o que há de mau foi feito sem ter em conta a sua opinião), a única reação admissível era o designado Diretor Desportivo do Benfica vir dar a cara e demonstrar-se solidário com tudo. Ora, o que assistimos foi o Diretor de Comunicação do Benfica vir dar uma ... não notícia”, escreveu num texto publicado no blogue no “Novo Geração Benfica” na segunda-feira.

De acordo com Rui Gomes da Silva, “se um jornal dá a notícia de saída de um Ministro, só há uma maneira de estancar o boato: por o Ministro a dizer, de viva voz, que a notícia é falsa”. Ou seja, devia ter sido Rui Costa a dar o rosto.

“Desde que foi castigado em Arouca (num processo iniciado em simultâneo com o que a Liga teve o cuidado de me mimosear ... por eu estar todas as segundas na SIC), a única vez que ouvi falar de Rui Costa foi quando deu uma entrevista onde reafirmava a sua ideia de um dia ser Presidente do Benfica e considerava Jorge Mendes uma mais valia para o Benfica”, lembrou.

“Não sei se conseguirá atingir o seu sonho, mas, se nessa altura, continuar a pensar o mesmo de Jorge Mendes, teremos, pelo menos, uma coisa em que discordaremos... totalmente”, concluiu.

Ainda na segunda-feira à noite, Rui Gomes da Silva participou do programa 'O Dia de Seguinte', na SIC, e voltou a frisar o mesmo ponto. “Rui Costa é o diretor desportivo. Tem de obrigação de mandar a equipa ir ao meio campo. Ser do Benfica é válido para os bons e para os maus momentos”, disse.

Ataca os vice-presidentes “mais calados do mundo”...

“Até poderia ser que ainda aguentássemos a notícia das dúvidas de Rui Costa, a da lista de clubes corruptos, a comparação da eleição de um alto funcionário do clube para um cargo na Europa do futebol, a discussão sobre a direção da formação do Benfica, ... se não fosse o silêncio ensurdecedor de toda a estrutura eleita que acompanha o Presidente do Benfica”, aponta Rui Gomes da Silva no mesmo texto publicado na internet.

“Se não for para falar e defender o Benfica, quando o clube está a ser atacado como nunca foi, em toda a sua História, para que servem os vice-presidentes?”, questiona.

“Enquanto por lá andei, nunca me recusei a dar a cara”, diz Rui Gomes da Silva.

Para o ex-dirigente, agora que o Benfica vive uma fase menos boa, “o que estranho é que ninguém dê a cara, a não ser o Diretor de Comunicação (por dever de função) em temas tão importantes como os "mails" (já agora, a culpa da "permeabilidade" da estrutura informática morre solteira sem que ninguém dentro do Benfica seja tecnicamente responsável por ela?), sobre as relações com a Liga, sobre todos os temas e sobre os sucessivos ataques que temos sofrido!”

Ataca a equipa...

“Pelo meio disto tudo, há uma equipa a jogar menos bem! (...) Não percebo muita coisa, mas - já o transmiti a quem de direito - nunca, como este ano, quis ganhar um campeonato. Não é só a História que se pode fazer! É o efeito que isso terá sobre os nossos adversários mais diretos”, assume.

Ataca Rui Vitória… e o mercado de transferências

“Não acho que ninguém tem lugar eterno no Benfica! Nem Bella Gutmann! (...) Rui Vitória pode ter muitos defeitos, como o terá - por certo - Luís Filipe Vieira - mas discutir agora tudo isso ... é um tiro no pé”, escreveu Rui Gomes da Silva.

Mais: segundo o benfiquista, “haverá um momento em que milhões (de vendas) não mais rimarão com campeões”. Ou seja, não é de estranhar que o Benfica não esteja ao seu melhor nível.

“E, ai, perceberemos que já não teremos a ajuda ... de quem nos ajudou a vender! Mas isso serão outras contas! Até lá, temos um treinador com um caráter e um nível raros no futebol ... que conseguiu ... nunca perder um campeonato no Benfica. E que, espero, poderá continuar a afirmar o mesmo no fim desta época! Perder no Bessa é um desastre? Claro que é! Irrecuperável?Claro que não!”, escreveu.