Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Rui Vitória e as escolhas de jogadores para o onze: “A vida não é feita só de aspetos agradáveis”

Questionado sobre a pouca utilização do reforço Gabriel Barbosa, o treinador do Benfica justificou as escolhas com "momentos" e pediu "capacidade de superação"

Expresso

Rui Vitória tem 47 anos e chegou ao Benfica em 2015/16

PAUL ELLIS/GETTY

Partilhar

Desde que chegou ao Benfica, no início da época, Gabriel Barbosa - mais conhecido por Gabigol - só foi utilizado por Rui Vitória em quatro jogos: contra o CSKA, para a Liga dos Campeões, contra o Boavista, para a Liga portuguesa, contra o Sporting de Braga, para a Taça da Liga, e contra o Olhanense, para a Taça de Portugal - o único jogo em que marcou um golo.

Por isso, Rui Vitória foi questionado pela televisão brasileira Esporte Interativo sobre a adaptação do jovem de 21 anos ao Benfica. E a resposta foi esta: "O Gabriel tem vindo a trabalhar bem, como os restantes companheiros. Está inserido num grupo que tem cerca de 30 jogadores e nas posições em que ele pode jogar há jogadores de grande qualidade."

Com um plantel tão largo, o treinador do Benfica diz que todos têm de aguardar o momento certo para entrar na equipa. "É evidente que se nós perguntarmos à maioria das pessoas para fazerem um 'onze', vão deixar jogadores de qualidade de fora, mesmo para fazerem os 18 que vão para a ficha de jogo. Portanto, passa um bocado por isso. Agora, que é um jogador que tem tido um relacionamento e uma postura no treino que me tem agradado, mas às vezes é uma questão de oportunidade, de um ou outro pormenor", explicou.

"Com qualquer jogador tem de ser assim, temos de perceber os momentos e perceber que a vida não é feita só de aspetos agradáveis. Muitas vezes um jogador tem de ter essa capacidade de superação em momentos mais desagradáveis, fundamentalmente estes, quando não joga. Não é fácil para ninguém estar de fora. Mas quando têm a capacidade de ultrapassar estes contratempos, digamos assim, normalmente quando regressam, regressam muito melhor, regressam preparados", concluiu.