Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

João Félix marcou, o árbitro não viu e... o Benfica foi eliminado da Liga dos Campeões júnior

O Benfica empatou com o Basileia (0-0), depois de o árbitro não ter visto um golo de João Félix no último minuto - e foi eliminado da Youth League, prova na qual era vice-campeão

Lusa

Na época passada, o Benfica foi eliminado nos quartos de final da prova pelo Real Madrid

Gonzalo Arroyo Moreno/Getty

Partilhar

O Benfica ficou hoje pelo caminho na UEFA Youth League, ao empatar em casa com o Basileia (0-0), num encontro marcado por uma polémica no último lance do encontro.

Aos 90+4 minutos do jogo da sexta e última jornada do Grupo A, João Félix rematou forte à entrada da área, com a bola a bater na barra e depois dentro da baliza dos suíços, mas o árbitro italiano Marco Guida não validou o golo.

Contudo, esse golo podia nem ter chegado ao Benfica para chegar ao 'play-off', pois em caso de triunfo teria de esperar por uma derrota do Manchester United em casa frente ao CSKA Moscovo.

Com este resultado, o Benfica termina o grupo em terceiro lugar, com oito pontos, a quatro do Basileia, já qualificado para os oitavos de final, e a um do Manchester United, que vai ao 'play-off'. O CSKA tem para já três.

A precisar de vencer para poder apurar-se para o 'play-off', o Benfica entrou a jogar no meio campo adversário, mas sem conseguir criar lances de perigo até à meia hora, quando, em dois livres diretos, estiveram perto de marcar, por João Filipe (29), que atirou ligeiramente por cima, e por Ricardo Araújo (30), que acertou na barra.

A um ponto de assegurar a presença nos oitavos de final, o Basileia fechou os caminhos para a sua área e apostou em lances de contra-ataque, como aos 35 minutos, quando Rashiti obrigou Daniel Azevedo a uma defesa apertada.

Num lance de bola parada, os suíços podiam também ter inaugurado o marcado, mas Kaiser cabeceou ao lado.

Na segunda parte, o Basileia recuou ainda mais e o Benfica apenas ia conseguindo ameaçar com remates de longe, até que, à entrada para os 10 minutos finais, conseguiu finalmente encostar os suíços à sua área e criar lances de muito perigo.

Foi nessa altura que brilhou o guarda-redes Pukaj, com duas grandes defesas, primeiro a um remate já na pequena área de José Gomes (81) e depois perante Pedro Álvaro (90).

O encontro acabou com protestos do Benfica, depois de o árbitro não validar o golo de João Félix.

Em cinco presenças, o Benfica ficou, pela primeira vez, fora da fase a eliminar, numa prova em que foi finalista em 2013/14 e 2016/17.

Jogo disputado no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Benfica - Basileia, 0-0.

Equipas:
- Benfica: Daniel Azevedo, Paolo Medina, Pedro Álvaro, Gonçalo Loureiro, Ricardo Araújo, Florentino, Gedson, Nuno Santos (Mesaque Dju, 71), João Filipe (Umaro Embaló, 82), João Félix e José Gomes.

(Suplentes: Diogo Garrido, Diogo Capitão, Nuno Tavares, Vukotic, Filipe Soares, Umaro Embaló e Nuno Santos).

- Basileia: Pukaj, Celant, Lokaj, Kaiser, Zunic, Schmid (Suter, 62), Bislimi (Stabile, 58), Pepsi, Pululu, Schmidt e Rashiti (Hanggi, 82).

(Suplentes: Steffen, Isufi, Eremenko, Stabile, Hanggi, Suter e Ferreira).

Árbitro: Marco Guida (Itália).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Félix (49).