Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Vieira responde a suspeitas sobre o Benfica: "ninguém comprou qualquer jogador"

Depois de se saber de uma investigação judicial em torno de alegados pagamentos a jogadores do Rio Ave num jogo contra os encarnados, o presidente do Benfica responde com mensagem no site do clube

Martim Silva

Partilhar

As notícias dando conta de uma investigação judicial ao jogo Rio Ave-Benfica de há duas épocas, por alegados pagamentos a jogadores do Rio Ave para adulterar o resultado, levaram os encarnados a reagir hoje em dose dupla. Pela manhã foi com um comunicado do clube. E esta tarde foi a vez do próprio presidente do clube vir a público, para contestar as alegações num comunicado colocado no site do Sport Lisboa e Benfica.

No comunicado, Vieira garante: "Os Benfiquistas podem estar totalmente tranquilos de que nunca ninguém do Benfica comprou qualquer árbitro ou jogador de uma equipa adversária, ou em qualquer circunstância procurou manipular a verdade desportiva."

Na sua edição de hoje, o jornal Correio da Manhã avança que a Polícia Judiciária está a investigar o alegado pagamento a pelo menos quatro jogadores do Rio Ave para, no jogo com o Benfica da 31ª jornada da liga 2015/2016, perderem a partida. Os jogadores, adianta o jornal, terão sido abordados por empresários que os investigadores acreditam estar ligados ao Benfica.

Pode ler aqui na íntegra a mensagem deixada por Luís Filipe Vieira:

Encontrando-me ausente do País com a minha família e confrontado com as mais recentes notícias, faço questão de transmitir uma mensagem muito clara a todos os nossos Sócios, adeptos e simpatizantes.

Os Benfiquistas podem estar totalmente tranquilos de que nunca ninguém do Benfica comprou qualquer árbitro ou jogador de uma equipa adversária, ou em qualquer circunstância procurou manipular a verdade desportiva.

Todas as nossas vitórias resultaram apenas do nosso mérito e do nosso trabalho. Mais do que nunca, a melhor resposta que podemos dar é reforçar a nossa unidade e coesão, porque juntos somos mais fortes.

O que verdadeiramente está em causa em toda esta campanha negativa montada pelos nossos rivais é evitar a todo o custo que o Benfica conquiste o Penta. Porque, em desespero, necessitam de apresentar resultados para a sua própria sobrevivência.

Esta nova leva de denúncias anónimas resulta do facto de não conseguirem demonstrar a existência de qualquer indício de corrupção ou tráfico de influência.

Quero que todos saibam, e digo-o com orgulho, que no Benfica podemos andar de cabeça erguida. Aqui, não existem nem perdões de escutas, nem apitos dourados, nem árbitros convidados para casa, nem frutas oferecidas e também plantéis com seis e sete guarda-redes.

Estejam certos de que a nossa resposta será sempre compatível com a grandeza da nossa história e do nosso Clube.

Este ataque agride todos e cada um dos Benfiquistas na sua dignidade e na sua honra. Eles sabem que a nossa cultura é incompatível com a corrupção. Também sabem que jornalismo se presta a estas encomendas. Mas alerto para o seguinte: toda a Nação Benfiquista vai ser chamada para tomar nas suas mãos o ataque a esta vil e falsa campanha.

Reafirmo a confiança de que a justiça saberá repor a verdade dos factos. E este é o tempo da justiça.

Em breve, terei oportunidade de falar de viva voz a todos os Benfiquistas e como sempre estarei na linha da frente na defesa intransigente do bom-nome do nosso Sport Lisboa e Benfica.

A todos desejo um feliz ano novo rumo ao Penta.