Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Rui Vitória: "Não podemos pensar que estamos na aldeia do Astérix"

Na antevisão do jogo contra o Boavista (sábado, 18h15), o treinador do Benfica falou do adversário, de Jonas e das competições europeias

Lusa

epa

Partilhar

O treinador do Benfica, Rui Vitória, deixou hoje dúvidas na utilização do avançado Jonas na receção de sábado ao Boavista, num jogo, da 23.ª jornada da I Liga de futebol, que considera exigente pela qualidade do adversário.

Rui Vitória, que falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com os 'axadrezados', deixou elogios ao trabalho desenvolvido por Jorge Simão, reconhecendo, por isso, dificuldades acrescidas.

"Vai ser um jogo exigente, vamos defrontar o sexto classificado e que está a fazer uma boa campanha. O trabalho de Jorge Simão está a ter frutos, não tanto com a regularidade que queria. É uma equipa que sabe defender bem e sair para o contra-ataque. Estamos a atravessar um bom momento, vamos jogar em casa, perante os nossos adeptos e isso tem importância no acréscimo do rendimento", afirmou.

Sem querer entrar em especulação, Rui Vitória não dá como adquirida a utilização de Jonas, melhor marcador da I Liga, com 25 golos, jogador que tem trabalhado condicionado devido a um traumatismo no joelho esquerdo, contraído no encontro com o Portimonense (vitória, por 3-1). "Está convocado, não teve uma semana normal, fruto do que aconteceu, e amanhã [sábado] vamos ver se vai jogar", disse.

No que toca à participação das equipas portuguesas nas competições europeias, Rui Vitória reconhece que a limitação financeira é um constrangimento na obtenção do sucesso, mas salienta que este não é o único motivo.

"As equipas com mais poderio são as que chegam às finais. Internamente não podemos pensar que estamos na aldeia do Asterix. No Benfica preocupamo-nos com o que se passa no estrangeiro. A intensidade, a qualidade dos jogos e o ritmo competitivo tem de subir. Somos a Liga, em termos europeus, que menos minutos de jogo tem em cada partida, por causa das faltas e interrupções. É necessário ter astúcia, apostar na formação e reestruturarmo-nos melhor", rematou.

O Benfica, segundo classificado, em igualdade com o Sporting, com 53 pontos, recebe este sábado, às 18h15, o Boavista, sexto com 30, em jogo da 23.ª jornada da I Liga.