Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Benfica e Jorge Jesus chegam a acordo

Em causa estava a forma como Jesus deixou o comando da equipa dos encarnados há três anos

Expresso

MIGUEL RIOPA/GETTY

Partilhar

O Benfica e Jorge Jesus chegaram esta quinta-feira a acordo relativamente ao diferendo que ambos mantinham desde que o treinador saiu da Luz, em 2015. Segundo avançou o jornal “Record”, a sessão do processo relacionado com a saída do técnico, que estava prevista para esta sexta-feira, em tribunal, não irá assim realizar-se.

Em causa estava a forma como Jesus deixou o comando da equipa dos encarnados há três anos, com o Benfica a exigir uma indemnização de 14 milhões de euros a Jesus por cada adepto que dizia ter. Entre os argumentos do processo estava a acusação de que Jesus tinha traído a entidade patronal quando ainda tinha contrato. Na altura, o Benfica disse estar “ultrapassado e enganado pelo seu treinador principal, vincando que não havia praticamente memória de uma 'traição' desta dimensão e relevo”.

Por outro lado, Jorge Jesus exigia o pagamento do ordenado referente a esse último mês de contrato, o qual, alegadamente, o clube não terá pago.

No final do jogo com o Astana (3-3), Jesus abordou a questão, confirmando o acordo entre as partes. "Tanto eu como o Benfica achámos que era a melhor solução, portanto as coisas foram normais, sem problema nenhum", sublinhou o técnico do Sporting.