Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Rui Vitória: “Há muito tempo que o futebol português está em ebulição. Estamos vacinados para estas situações”

Na antevisão do Benfica-Aves (sábado, 18h15, BTV), Rui Vitória pouco falou do jogo propriamente dito. O tema principal foi mesmo o caso 'e-toupeira'

Hugo Miguel Ferreira

Partilhar

Numa semana conturbada em torno do clube da Luz, Rui Vitória abordou em conferência de imprensa que antecede a receção ao Desportivo das Aves o caso 'e-toupeira' e a investigação sobre o Estoril-Porto.

Dizendo-se "cansado" desses assuntos, terminou a conferência de imprensa a questionar a ausência de perguntas sobre o jogo com o Aves, garantindo que as polémicas não entram pela porta da academia.

O caso 'e-toupeira'

“O Benfica já fez um comunicado, está respondido na minha parte. Quando se ganham títulos e triunfos como nós tivemos, é trabalho de muita gente, ninguém ganha campeonatos se não houver trabalho e sacrifício. No que diz respeito a mim e aos meus jogadores, há muito mérito, trabalho e união e isso é o maior trunfo.

Estamos perfeitamente preparados para o jogo de sábado e vacinados para estas situações do futebol português. Se há equipa que está vacinada para estas situações, é o Benfica.

O Caixa Futebol Campus é a nossa caixa forte, quando lá entramos é o nosso forte e sabemos o que temos de fazer. Do portão para dentro é a nossa vida, não houve qualquer tipo de preocupação, fizemos o mesmo trabalho que noutras semanas”.

A investigação Estoril-Porto

“Em relação ao ´investigue-se’ [que Rui Vitória disse sobre o Estoril-FC Porto] a melhor coisa que pode haver é esclarecimento de tudo, para todos os interessados é bom que aconteça o maior e mais rápido esclarecimento.

Há muito tempo que o futebol português está em ebulição, temos vivido com algumas dificuldades que nos são colocadas, mas todos em conjunto temos a capacidade de distinguir a função que temos dentro do campo da nossa vida pessoal.

Os senhores são jornalistas, outros comentadores, eu sou treinador e os meus jogadores são campeões, foi uma semana perfeitamente normal de trabalho. Eu preocupo-me é com o jogo, temos de nos colocar nos nossos devidos lugares. Perguntem-me alguma coisa sobre o Aves e o José Mota, estamos só a falar de coisas acessórias."

O Aves

“Tem vindo a evoluir em termos de resultados e desempenho, vem à Luz a querer causar problemas, tem qualidade e reforçou-se com jogadores experientes. Sabem sair bem em contra ataque, têm jogadores rápidos e são uma equipa rigorosa na marcação.

Vai obrigar-nos a ter paciência e a desmontar as suas virtudes. Temos de ser persistentes, fortes coletivamente e saber quais os momentos em que se tem de dar a sentença ao jogo”.

A ausência de Pizzi

“Entraremos com 11 jogadores, existem três soluções para a posição de Pizzi, sem ordem de hierarquia: Samaris, Keaton Parks e João Carvalho. Acima dos jogadores está a equipa, e essa vai ter um bom desempenho”.

A possível saída de Svilar, por empréstimo

“Conto com ele para sábado, está convocado e em perfeitas condições para jogar. É um jovem de qualidade e sabemos o que estamos a fazer com ele”.

O jovem João Félix pode chegar já à equipa A?

“A pior coisa que podemos fazer é individualizar jovens que ainda são projetos de jogadores. Já chamei vários a trabalhar com a equipa principal. O João é um dos vários jogadores que o Benfica tem, nesse aspecto acho que temos o futuro assegurado. Em Portugal tem-se muito o hábito de se fazer uma jogatana gira e é logo um novo craque que nasce, há que ter calma e cuidado com isso, para bem dos próprios jogadores”.