Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Benfica multado por declarações no programa “Chama Imensa”

O clube da Luz falou de um "novo Apito Dourado" e foi multado em €6120 pelo Conselho de Disciplina da FPF

Lusa

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

A SAD do Benfica foi multada em 6.120 euros por declarações prestadas no programa "Chama Imensa", transmitido em 20 de novembro último na Benfica TV, revelou, na terça-feira, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

Além desta multa aos 'encarnados', que na ocasião terão prometido apresentar provas de um novo 'caso Apito Dourado', também o diretor de comunicação do Benfica, Luís Bernardo, foi suspenso por 22 dias e multado em 1.377 euros por declarações publicadas em entrevista a órgão de comunicação social (jornal "O Jogo", de 5 de janeiro de 2018).

O presidente do conselho de administração da SAD do Belenenses, Rui Pedro Soares, foi suspenso por 45 dias e multado em 2.870 euros por declarações sobre agentes de arbitragem, proferidas após o final do jogo com o Boavista, disputado em 9 de janeiro último e a contar para a 17.ª jornada da I Liga.

A SAD do Sporting de Braga foi, por seu turno, multada em 5.738 euros por eventuais agressões de adeptos do Sporting de Braga a agente da força de segurança pública, por ocasião do jogo com o Vitória de Guimarães, da sexta jornada da I Liga e disputado em 17 de setembro de 2017.

Lista de castigos

- 1 jogo:

Paolo Hurtado (Vitória de Guimarães)
Ponck (Desportivo das Aves)
Belkaroui (Moreirense)
Neto (Moreirense)
André Sousa (Belenenses)
Edson Farias (Feirense)
Tiago Silva (Feirense)
Jean Sony (Feirense)
Briseno (Feirense)
Ivan Marcano (FC Porto)
Sparagna (Boavista)
Vítor Bruno (Boavista)
Domingos Duarte (Desportivo de Chaves)
Quinones (Paços de Ferreira)