Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Todos os nomes e posições para o Benfica 2018-19. Para já

O plantel do Benfica iniciou esta quinta-feira a preparação para a época 2018/19, durante a qual procura reconquistar o título de campeão português de futebol, com vários reforços cirúrgicos e sob o comando do treinador Rui Vitória

Lusa

Partilhar

No primeiro dia de trabalho, de acordo com os órgãos oficiais do clube, apresentaram-se 30 jogadores, que realizaram os habituais testes médicos.

Às 17:00, os encarnados fizeram o primeiro treino da temporada, no Estádio da Luz, no qual estiveram todos os jogadores que se apresentaram, à exceção de Krovinovic e Rafa, que ainda recuperam de lesões.

As contratações dos argentinos Conti e Lema reforçaram o eixo da defesa encarnada, o setor que ficou mais fragilizado na época passada com as saídas milionárias - nunca compensadas - de Nelson Semedo, para o FC Barcelona, e Lindelof, para o Manchester United.

Na temporada anterior, Varela foi a primeira opção para a baliza benfiquista, mas tardou em assumir-se como o sucessor de Ederson, que tinha sido transferido para o Manchester City, e esta época terá a concorrência Vlachodimos, internacional sub-21 alemão, contratado aos gregos do Panathinaikos.

Yuri Ribeiro e Lisandro López, de regresso após empréstimos ao Rio Ave e ao Inter Milão, respetivamente, e o nigeriano Ebuehi (ex-Den Haag, da Holanda), são também novidades na defesa do Benfica, o setor mais reforçado, em contraponto com o meio campo, que apresenta apenas duas caras novas - Chiquinho (ex-Académica) e João Amaral (ex-Vitória de Setúbal) -, além do regressado Carrillo, peruano que esteve emprestado ao Watford.

O avançado chileno Castillo (ex-Pumas, México) perfila-se como o sucessor de Raúl Jiménez, emprestado aos ingleses do Wolverhampton, mas o argentino Ferreyra, contratado aos ucranianos do Shakhtar Donetsk, também será uma opção para o ataque, no qual se continua a destacar Jonas, melhor marcador do campeonato passado.

Além do avançado mexicano, deixaram também o clube lisboeta o guarda-redes Paulo Lopes e o lateral Eliseu, após o fim do contrato expirado, o brasileiro Douglas, de regresso ao Barcelona, João Carvalho e Diogo Gonçalves, ambos para o Nottingham Forest, o primeiro de forma definitiva e o segundo por empréstimo.

No primeiro treino destaque ainda para a presença de vários jogadores que atuaram na equipa B no ano passado - Alex Pinto, David Tavares, Heriberto, Gedson, Ola John e João Félix -, assim como do guarda-redes André Ferreira, que esteve cedido ao Leixões.

O grego Samaris deverá apresentar-se no dia 8 de julho, enquanto os mundialistas já eliminados Carrillo, Ebuehi e Zivkovic chegam até dia 14, com Rúben Dias, Salvio e Seferovic a dependerem da progressão das respetivas seleções no Mundial 2018.

O Benfica inicia o estágio de preparação para a época 2018/19 em 9 de julho, em Troia, defrontando no Estádio do Bonfim os sérvios do Napredak, em 10, e os anfitriões do Vitória de Setúbal, três dias mais tarde, no âmbito do Torneio Internacional do Sado.

O estágio da equipa encarnada transfere-se depois para St. George's Park, em Inglaterra, entre 15 e 20 julho, um dia antes de defrontar o Sevilha, em Zurique (Suíça), viajando em 22 de julho para os Estados Unidos.

Em solo norte-americano, o Benfica defrontará os alemães do Borussia Dortmund, em Pittsburgh, em 25 de julho, e a Juventus, em Nova Iorque, três dias depois, no âmbito da International Champions Cup.

Os encarnados regressam a Portugal imediatamente após o encontro com os heptacampeões italianos, e, antes de se focaram na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, cujos encontros se disputarão em 7 e 8 e em 14 e 15 de agosto, ainda enfrentam o Lyon no Estádio Algarve, no dia 1, no âmbito da Eusébio Cup, também pontuável para a International Champions Cup.

Plantel provisório do Benfica para 2018/19:

Guarda-redes: Varela, Svilar, André Ferreira (ex-Leixões) e Vlachodimos (ex-Panathinaikos, Gre).

Defesas: André Almeida, Alex Pinto (equipa B), Rúben Dias, Lisandro (ex-Inter de Milão, Ita), Jardel, Luisão, Grimaldo, Yuri Ribeiro (ex-Rio Ave), Ebuehi (ex-Den Haag, Hol), Conti (ex-Colón, Arg) e Lema (ex-Belgrano, Arg).

Médios: Fejsa, Samaris, Zivkovic, Carrillo (ex-Watford, Ing), Pizzi, Keaton Parks, Krovinovic, Salvio, Cervi, Chiquinho (ex-Académica), João Amaral (ex-Vitória de Setúbal), David Tavares (equipa B), Gedson (equipa B), Ola John (equipa B), Heriberto (equipa B).

Avançados: Seferovic, Jonas, Rafa, Castillo (ex-Pumas, Mex), João Félix (equipa B) e Ferreyra (ex-Shakhtar Donetsk, Ucr).

Saíram: Paulo Lopes, Douglas (Barcelona, Esp), Eliseu, João Carvalho (Nottingham Forest, Ing), Raúl Jiménez (Wolverhampton, Ing) e Diogo Gonçalves (Nottingham Forest, Ing).

Lusa