Tribuna Expresso

Perfil

Ciclismo

Tour: Sunweb destrói Kittel e entrega segunda vitória a Michael Matthews

Australiano venceu a etapa 16 ao sprint e tem a camisola verde a 29 pontos de distância. Kittel cortou a meta com 16 minutos de atraso. O vento “tramou” Daniel Martin e lançou Contador para fora do top ten

FILIPA SILVA

LIONEL BONAVENTURE

Partilhar

A camisola verde chegou a parecer assunto arrumado para Marcel Kittel (Quickstep), mas a verdade é que não bastou ao alemão ganhar cinco etapas para garantir a classificação por pontos neste Tour.

Michael Matthews (Sunweb) está apostado em bater o corredor da Quickstep e esta terça-feira deu um pulo de gigante nesse sentido.

O australiano venceu os dois sprints do dia – o intermédio e o final – e somou 50 pontos. Ele que já esteve a 133 pontos de Kittel, está agora a 29. Motivos para sorrir? Claro, até porque esta foi a segunda etapa que o australiano venceu no Tour deste ano.

Trabalho de equipa

É a segunda de Matthews e a terceira da Sunweb. E muito tem o corredor a agradecer à equipa. Ao longo dos 165 quilómetros que separaram Le Puy-en-Velay e Roman-sur-Isère, foi a equipa alemã quem mais trabalhou na frente. Assim que se soube que Marcel Kittel estava a descolar do grupo da frente, a Sunweb foi implacável.

Warren Barguil e Michael Matthews podem conquistar duas camisolas no Tour para a Sunweb.

Warren Barguil e Michael Matthews podem conquistar duas camisolas no Tour para a Sunweb.

LIONEL BONAVENTURE

Aumentou o ritmo e levou o seu homem até à conquista do sprint intermédio, sensivelmente a meio da etapa, e continuou a trabalhar praticamente até ao fim, altura em que a Sky também deu um ar da sua graça.

Contador fora do top 10

O vento foi outro dos protagonistas do dia, sobretudo na parte final da etapa. Froome soube sempre proteger-se bem, mantendo-se sempre na cabeça da corrida. Os restantes candidatos também se mantiveram no grupo, com mais ou menos esforço.

Houve contudo alterações no top 10 provocadas pelos cortes que o vento impôs ao pelotão.

Daniel Martin (Quickstep), por exemplo, baixou da 5ª para a 7ª posição. Perdeu mais de um minutos na etapa. Meintjes, Caruso e Contador também perderam tempo, tendo este último saído do top 10 em consequência disso. Reentrou Nairo Quintana para a 10ª posição com 6’16 para o líder.

E por falar em perder tempo, Marcel Kittel chegou com 16 minutos de atraso para Matthews. Com duas etapas nos Alpes pelo meio e um contra-relógio no sábado, a luta pela camisola verde pode seguir até à chegada aos Campos Elísios.

Agora os Alpes

Para esta quarta-feira, o espetáculo será de outro nível. Uma etapa muito dura espera pelo pelotão nos Alpes.

São 183 quilómetros entre La Mure e Serre-Chevalier, com duas contagens de categoria especial pelo meio: nada menos que o Col de La Croix de Fer ao fim dos primeiros 78 quilómetros da etapa, e o Galibier, ponto mais alto do Tour 2017, cujo topo está instalado a 28 quilómetros da meta.

Duas subidas muito longas e com pendentes consideráveis que serão das últimas oportunidades para os perseguidores de Froome tentarem ganhar tempo ao homem da Sky.

Partilhar