Tribuna Expresso

Perfil

Ciclismo

Froome vence Giro e reedita proeza dos lendários Merckx e Hinault

Chris Froome, da Sky, venceu a Volta à Itália 2018

Lusa

Justin Setterfield

Partilhar

O ciclista britânico Chris Froome (Sky) reeditou hoje as proezas do belga Eddy Merckx e do francês Bernard Hinault, ao conquistar a Volta à Itália de 2018, cuja 21.ª e última etapa foi vencida pelo irlandês Sam Bennett (Bora-hansgrohe).

A consagração de hoje, em Roma, sucedeu às de 2017, no Tour e na Vuelta, permitindo a Froome tornar-se o primeiro ciclista a vencer as três principais provas velocipédicas de forma consecutiva, depois de Merckx (entre 1972 e 1973) e Hinault (entre 1982 e 1982).

A 21.ª etapa da Volta a Itália - que Froome conquistou pela primeira vez --, integralmente disputada em Roma, na extensão de 115 quilómetros, foi vencida ao 'sprint' por Bennett, que se impôs com o tempo de 2:50.49 horas.