Tribuna Expresso

Perfil

Entrevistas Tribuna

Martelinho: “Eles eram tão rápidos que nem tínhamos tempo para lhes dar umas porradas”

O Boavista-Sporting deste sábado (18h15, Sport TV 1) é o pretexto que precisávamos para telefonar a Joaquim Pereira da Silva, ou Martelinho, para quem acompanhou os tempos áureos dos axadrezados. O antigo extremo contou que, no ano do título, a equipa nem tinha negociado um prémio de campeão - “era uma migalha” - e recordou como foi jogar na Liga dos Campeões contra jogadores que “não se podia ter vergonha em reconhecer que eram melhores”

Diogo Pombo

Partilhar

CORRE, CORRE Martelinho passou nove épocas no Boavista e diz que o golo marcado a Peter Schmeichel, em 2001 (o ano do título do “Boavistão”), foi o mais importante da carreira

CORRE, CORRE Martelinho passou nove épocas no Boavista e diz que o golo marcado a Peter Schmeichel, em 2001 (o ano do título do “Boavistão”), foi o mais importante da carreira

getty

Estou a ligar-lhe porque tem uma boa história com o Sporting, para o seu lado.
Sim, era um clube contra o qual, por várias vezes, fui feliz. Consegui marcar alguns golos, um deles naquele ano do título, foi se calhar o golo mais importante da minha carreira.

Conte lá como foi.
Recordo-me bem do lance. Vinha o Sánchez com a bola, estava a tentar arranjar uma linha de remate, e eu a pedir-lhe a bola. Mas ele tentou rematar. A bola ressalta ali e eu, depois, também com um colega meu a pedir a bola, enchi-me de esperança e de confiança, e acabei por chutar com a parte de fora do pé. Por acaso, tinha muita precisão a chutar assim. E pronto, consegui fazer um golo importantíssimo e contra um guarda-redes mítico, o Peter Schmeichel. Foi fantástico, ainda por cima deu-nos praticamente o título. O jogo foi a cinco jornadas do fim e sentimos que o título já não nos fugia, porque faltavam três ou quatro minutos para o jogo acabar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)