Euro 2016

Perfil

Quaresma em março de 2015: "Vou aprendendo com a idade"

Recuamos pouco mais de um ano e encontramos Ricardo Quaresma na preparação do jogo com a Sérvia, na qualificação para o Euro. Assumia então que está um jogador bem diferente do que era há uns anos e elogiou Fernando Santos, revelando que espera que o técnico se mantenha no cargo de selecionador português "durante muito tempo".

Partilhar

"É um treinador experiente que está habituado a lidar com grandes jogadores. Dá uma motivação extra nesta seleção e espero que continue aqui durante muito tempo", afirmou Ricardo Quaresma, em conferência de imprensa, minutos antes de subir ao relvado do Estádio da Luz, em Lisboa, para mais um treino de Portugal, de preparação para o jogo com a Sérvia, de qualificação para o Europeu de 2016.

Aos 31 anos e após um longo período sem marcar presença na seleção nacional, sobretudo durante a era Paulo Bento, Quaresma tem sido sempre convocado desde que Fernando Santos assumiu o comando técnico no final de 2014.

"Tenho evoluído muito. Não sou o jogador que era há uns anos. Sou mais jogador de equipa, o que acaba por ser normal. Vou aprendendo com a idade, com o tempo e estou num bom momento", explicou.

O extremo do FC Porto referiu que não vai "chorar" o passado por não ter tido mais oportunidades na seleção e garantiu que só pensa no presente e em ajudar Portugal a alcançar a fase final do Euro 2016.

"Não escondo o desejo de ser titular, agora cabe ao treinador decidir. Eu tenho que respeitar, agora aceitar ou não isso já é comigo. Não vou chorar por não ter tido mais oportunidades na seleção. Não olho para ao passado, olho para o presente e sinto-me bem, sinto-me capaz de ajudar", frisou.

Com Lusa