Euro 2016

Perfil

Futebolistas espanhóis Muniain e De Gea envolvidos em caso de abuso sexual

Os futebolistas espanhóis Iker Muniain e David de Gea foram hoje implicados numa rede de abuso de menores, liderada pelo produtor de cinema pornográfico Ignacio Allende, confirmou a agência EFE, citando um relatório policial.

Partilhar

Segundo a polícia, a implicação dos dois futebolistas foi feita por uma testemunha, que se encontra sob proteção, responsável também pela acusação contra o produtor cinematográfico.

A testemunha diz ter sido levada por Allende, a troco do pagamento de uma quantia avultada, para um hotel de luxo de Madrid, onde, juntamente com outra mulher, se encontrou com Iker Muniain e com outro futebolista que não conseguiu identificar.

A mulher garantiu à polícia ter sido avisada por Ignacio Allende de que "teria de fazer tudo o que os homens quisessem" e proibida de "fazer quaisquer gravações, para não afetar as carreiras" dos futebolistas.

A testemunha assegura que ela e a outra mulher envolvida sofreram "agressões físicas e sexuais" e que não receberam qualquer pagamento, porque Ignacio Allende ficou com todo o dinheiro.

Durante as declarações à polícia, a mulher assegura que o encontro em causa foi promovido pelo guarda-redes David de Gea, que integra a seleção espanhol que vai disputar o Euro2016, que terá sido o "responsável pelo pagamento do encontro".

Ignacio Allende, conhecido como Torbe, foi detido preventivamente em abril, juntamente com cinco pessoas, por acusação de ter obrigado menores a participarem em vídeos pornográficos.

Lusa