Euro 2016

Perfil

Federação russa quer encontrar e castigar envolvidos nos confrontos

A Federação Russa de Futebol (RFS) vai localizar e castigar todos os adeptos que participaram nos confrontos no encontro com a Inglaterra, do Euro2016, assegurou hoje o ministro dos Desportos da Rússia.

© Sergei Karpukhin / Reuters

Partilhar

"Lamentavelmente temos adeptos que acendem tochas. Não gostamos muito de pagar multas por eles. Vamos identificá-los a todos e vamos castiga-los", afirmou Vitaly Mutko, em declarações à agência R-Sport.

O responsável também apontou falhas à organização do jogo no estádio Velodrome, em Marselha, por considerar que os adeptos das duas equipas estavam demasiado perto uns dos outros, admitindo uma pesada multa por parte da UEFA.

O ministro lamentou ainda que estes incidentes manchem a imagem da Rússia e dos seus adeptos, a dois anos de o país receber o Mundial de futebol de 2018.

"Como anfitriões do próximo campeonato do mundo, devemos cuidar da nossa imagem", advertiu Mutko.

Nos minutos finais do encontro entre a Rússia e a Inglaterra, que terminou empatado a um golo, adeptos russos lançaram tochas e petardos para uma bancada de seguidores ingleses, tendo de seguida invadido aquela zona, onde se geraram violentos confrontos.

Os confrontos continuaram nas ruas de Marselha, dos quais resultaram mais de três dezenas de feridos, um em estado muito grave, com a polícia a deter oito pessoas.