Euro 2016

Perfil

Hooligan russo expulso de França pela segunda vez

O adepto ultranacionalista russo Alexander Shprygin, detido na segunda-feira em Toulouse, enquanto assistia ao jogo Rússia-País de Gales, do Euro2016 de futebol, vai "muito provavelmente ser expulso hoje" de França, disse à AFP fonte policial.

Alexander Zemlianichenko / AP

Partilhar

O presidente da associação de adeptos russos fazia parte do grupo de 20 adeptos expulsos de França na sequência dos atos de violência registados à margem do Inglaterra-Rússia, em Marselha, a 11 de junho, de que resultaram 35 feridos, na maioria ingleses.

Todos negaram envolvimento nos incidentes, mas foram conduzidos à fronteira por risco de perturbação da ordem pública, enquanto três outros russos implicados nos incidentes foram condenados a penas de prisão entre um e três anos.

Mal aterrou em Moscovo, após a sua expulsão no sábado, Alexander Shprygin, colaborador do deputado Igor Lebedev e membro do partido de extrema-direita LDPR, manifestou a intenção de regressar a França para continuar a acompanhar o Euro2016, afirmando que tinha bilhetes para o jogo de Toulouse.

Os dois adeptos ingleses que ficaram gravemente feridos em Marselha mantinham-se hoje em estado comatoso, mas estável, apurou a agência noticiosa francesa.

Lusa