Euro 2016

Perfil

Renato entrou para não se esconder e Danilo para não nos perdermos

Uma seleção, dois jogadores, duas missões, o mesmo treinador. Os futebolistas dizem o que Fernando Santos lhes pediu

Pedro Candeias

Clive Brunskill

Partilhar

Renato Sanches entrou na segunda parte para fazer aquilo que se espera dele. E aquilo que se espera dele não é diferente daquilo que Fernando Santos lhe pede. “O mister pediu-me para assumir o jogo, para não me esconder, e para jogar, jogar, jogar. Temos jogado bem, é verdade, mas falhámos alguns golos em encontros anteriores”, disse Renato. Sobre a Croácia, um resumo de uma linha só: “É um jogo difícil, mas estamos preparados¨.

E Danilo entrou no final da segunda parte para fazer aquilo que também se espera dele. E, também como Renato, aquilo que se espera dele não é diferente daquilo que Fernando Santos lhe pede. “Foi para parar o jogo e tentar segurar o resultado até final. Conseguimos passar e isso é importante. Perder o lugar para William? É assim, estamos no Europeu, o mister faz as suas escolhas e eu tenho de aceitá-las.”