Euro 2016

Perfil

Portugal disputa hoje o acesso aos quartos de final com a Croácia

Portugal disputa hoje o acesso aos quartos de final do Euro 2016 de futebol com a Croácia, uma das equipas sensação da prova e que deixou um sério aviso ao vencer o Grupo D, à frente da bicampeã Espanha.

Lusa

© Gonzalo Fuentes / Reuters

Partilhar

Em Lens, a seleção nacional chega ao duelo dos oitavos de final ainda sem qualquer vitória na prova e depois de uma fase de grupos em que desiludiu com três empates, perante Islândia (1-1), Áustria (0-0) e Hungria (3-3). Num agrupamento em que era claro favorito ao primeiro lugar, acabou por se apurar como um dos melhores terceiros.

Portugal aparece nesta fase sem lesionados (Raphael Guerreiro recuperou dos problemas musculares) e também sem castigados, mas teve apenas dois dias para descansar e preparar o duelo com os croatas.

Na cabeça do selecionador Fernando Santos poderão existir algumas dúvidas, sobretudo no meio campo, já que contra a Hungria (3-3) o técnico deixou João Moutinho nos balneários ao intervalo e apostou em Renato Sanches.

Tendo em conta o histórico entre as duas equipas, Portugal aparece como claro favorito, tendo vencido sempre nas três vezes que se defrontaram, incluindo há duas décadas no Euro1996, mas a campanha dos croatas em França tem sido um dos destaques da prova.

Depois de um triunfo com a Turquia (1-0) e um empate com a República Checa (2-2), num encontro em que esteve a vencer por 2-0, a seleção comandada por Ante Cacic garantiu o primeiro lugar do grupo com uma merecida, e também pouco esperada, vitória com a Espanha (2-1).

O encontro está agendado às 21:00 (20:00 horas de Lisboa), no Estádio Bollaert-Delelis, e terá arbitragem do espanhol Carlos Velasco Carballo.

Antes, às 15:00 (14:00), a Suíça e a Polónia defrontam-se em Saint-Etienne, num confronto do qual sairá o opositor de Portugal ou Croácia nos quartos de final.

No outro encontro do dia, no Parque dos Príncipes, em Paris, haverá um encontro fratricida, entre o País de Gales, que ficou à frente da Inglaterra no B, e a Irlanda do Norte, um dos melhores terceiros classificados.

Partilhar