Euro 2016

Perfil

Renato, o homem do jogo: “Lance do golo? É uma jogada a que já estou habituado”

Croácia 0-1 Portugal. O miúdo explica como foi decisivo, ele que foi eleito o melhor em campo pela UEFA

Gonzalo Fuentes/Reuters

Partilhar

Tranças ao vento, bola controlada, peito feito: foi assim que ele correu por ali fora aos 116 minutos ou aos 117, mas o que interessa não é o minuto mas o que ele fez - viu Nani à esquerda, tinha Ronaldo à direita e decidiu não ser conservador. E depois já se sabe - ou se não sabe reveja na TV, que é provável que se emocione um poucochinho: Nani rematou meio torto, mas vamos dizer que ele quis passar porque o Nani correu tanto que merece a nossa benevolência, o Ronaldo tocou pela primeira vez a sério na bola e não fez golo mas é como se fosse, porque a bola sobrou do guarda-redes para a cabeça de Quaresma. 1-0. 1-0. 1-0.

“Esse lance do golo? É uma jogada que estou habituado a fazer. E depois o Nani e o Cristiano acompanharam. Tivemos um bom momento nesse minuto”, explicou o miúdo à RTP no final do jogo. E ele fala como joga: de cara levantada, sem medo do mundo. Nem 20 anos tem.

“Sentimos o jogo… foi muito intenso [o Renato fala com reticências]. A Croácia deu-se como favorito, respeitamos a Croácia, saímos vitoriosos.” Basta só isto para perceber como foi o jogo. O Renato podia escrever no Twitter.

“Polónia? Estamos confiantes. Estamos a trabalhar para isso. Mas também temos de ter o nosso respeito.”