Euro 2016

Perfil

Sete razões bizarras para ganharmos aos galeses

Daqui a umas horas há Portugal-País de Gales e o Expresso enumera aqui alguns factos e crendices que podem ajudar Fernando Santos a eliminar Chris Coleman

Expresso

-

Partilhar

Fomos à procura das razões mais irracionais e bizarras para explicar o porquê do país das quinas ter de ganhar à seleção do País de Gales.

Desde contos de fadas a dados estatísticos tudo está presente na próxima lista de razões mais ou menos ilógicas para a vitória da seleção nacional.

  1. Eles têm um dragão, mas nós temos uma máquina, um mustang e um miúdo-foguete. O dragão que protege Gales é Gareth Bale, o colega de equipa de Cristiano Ronaldo no Real Madrid combina na sua pessoa rapidez e força. Mas isso não é suficiente para assustar os portugueses, porque temos a nosso favor Cristiano Ronaldo, Ricardo Quaresma e Renato Sanches. Apesar do dragão ser forte, voar e cuspir fogo, nós conseguimos combinar uma máquina que cospe golos, com um mustang rápido e selvagem e ainda um foguete que também voa e se esguia pelos adversários.

  2. Nós temos a experiência. É a primeira vez que o País de Gales se consegue apurar para um campeonato europeu. Já Portugal é a seleção que conta com mais meias-finais desde o ano de 2000. Se a passagem às finais se limitasse apenas à experiência não há dúvidas nenhumas que Portugal tem o que é preciso e que p País de Gales não tem.

  3. O que não nos mata torna-nos mais fortes. Ao que parece a seleção galesa tem sido bastante acarinhada pela imprensa internacional. Já os portugueses desde o início da sua prestação no Euro têm sido atacados por tudo e por todos. Desde o “mal educado” do Cristiano Ronaldo, a idade do Renato Sanches, o aborrecimento do jogo, ninguém da seleção nacional tem sido poupado às críticas dos media internacionais. São os ingleses, os espanhóis e agora até os franceses dizem que "Portugal não tem nada que estar nas meias-finais".

  4. Eles têm a proteção dos duendes e nós dos deuses. O País de Gales costuma depositar a sua fé em duendes escondidos debaixo de terra, mas já dizia Camões que Portugal era protegido pelos Deuses do Olimpo, principalmente a deusa Vénus que admira a audácia dos portugueses.

  5. A maldição do Brexit. Se o ritual bater certo, o País de Gales será eliminado do euro2016 e tudo por causa do Brexit. Pois bem é só pensar um pouco e concluir que após os resultados do referendo não demorou muito até a Inglaterra ser eliminada - e a Irlanda do Norte também, ainda que aos pés dos galeses.

  6. Eles têm compromissos inadiáveis. Não queremos que os galeses tenham que adiar ou faltar aos seus compromissos pessoais. Já que Fernando Santos só marcou o seu regresso para depois da final, deixamos que a seleção galesa vá mais cedo para casa para que os seus jogadores possam ir aos casamentos marcados (Gunter e Ledley) e o Chris Coleman possa assistir ao nascimento do seu filho.

  7. A idade é um posto. Pois é, Chris Coleman, o selecionador galês, tem apenas 46 anos de idade, já o nosso querido Fernando Santos conta com 61 anos. A idade é um posto e deve ser respeitada, por isso a seleção nacional tem que vencer o País de Gales no jogo de hoje.