Euro 2016

Perfil

"Ronaldo disse-me que seria eu a fazer o golo"

O internacional português Éder considerou hoje "muito merecido" o título de campeão europeu de futebol conquistado por Portugal, confessando que, antes de entrar em jogo, Ronaldo lhe assegurou que seria ele a marcar o golo da vitória.

© Charles Platiau / Reuters

Partilhar

"Por todo o trabalho que fizemos, todos os jogadores, todo o 'staff', todos os portugueses que procuram este título há muito tempo, acho que é fantástico, é muito merecido. Estamos todos de parabéns", disse Éder, que substituiu Renato Sanches aos 79 minutos e marcou o golod da vitória sobre a França (1-0), aos 109 minutos, no porlongamento disputado no Stade de France, em Saint-Denis.

O jogador do Lille confessou que Ronaldo, que abandonou o jogo aos 25 minutos por lesão, lhe disse antes de entrar em campo: "Ele disse-me que seria eu a fazer o golo da vitória".

"Passou-me essa força, essa energia dele, foi importante marcar o golo, mas foi muito trabalhado pela nossa equipa. Desde o início do Europeu fomos espetaculares. Acho que o povo português merece", salientou.

Éder destacou ainda a confiança que o selecionador nacional, Fernando Santos, depositou em si.

"Desde o primeiro dia, desde que Fernando Santos me convocou, ele sabe das minhas qualidades, o grupo sabe, confiou em mim. Trabalhei para dar o meu contributo e hoje foi possível, estou muito contente pelo que fizemos", comentou.

Lusa

Partilhar