Euro 2016

Perfil

Pepe: “O mister surpreendeu-nos a todos no intervalo”

Portugal 1-0 França. Central português foi eleito o melhor em campo, explicou a necessidade que a equipa tinha de vencer em nome de Ronaldo e refere como Fernando Santos mexeu com a equipa no intervalo

Expresso

IAN LANGSDON / EPA

Partilhar

Saída de Ronaldo

"Foi complicado, porque nós perdemos o nosso principal jogador, o jogador em quem nós tínhamos depositado a nossa fé. Era o jogador que podia marcar golos. Quando soubemos que ele não estava mais em campo, tentei passar a mensagem aos meus companheiros que tínhamos de ganhar por ele."

O mister

"No intervalo, o nosso mister surpreendeu-nos a todos, ele soube fazer bem as substituições. Ontem, antes do jogo, dissemos que nós íamos lutar, dar tudo pela nossa nação, iríamos trabalhar e ser humildes. Dentro de campo cada um é o treinador, o mister planeia uma tática, uma ideia, mas nós dentro de campo temos de fazer da melhor maneira possível, mas o mérito está também nos jogadores, no espírito de sacrifício que tivemos, na humildade. Eu acredito que o mister foi fundamental, ele é uma pessoa extremamente inteligente, e ele conseguiu, esse mérito também é para ele porque o primeiro objetivo era chegar à final e o segundo ganhar."

O golo

"Eu acho que nós temos de continuar a fazer o nosso trabalho, independentemente de marcar o primeiro golo, tínhamos de continuar a defender. As pessoas que estiveram em Portugal a apoiar a gente, eu acho que foi uma noite inesquecível, marcámos uma época boa e temos jovens com muita qualidade."

A vitória

"Eu acho que essa vitória foi de pura humildade, porque nós representamos o povo português, o povo é isso, humildade, trabalho, tentámos representar o nosso país da melhor forma possível. Nós tínhamos um objetivo, este jogo era muito importante para Portugal, o povo, os emigrantes, mas para nós também enquanto futebol português. Não é por acaso, é fruto de muito trabalho, tivemos um foco e esse foco foi concebido."