Euro 2016

Perfil

Portugal vence Alemanha por 4-3 no melhor ‘onze’

Portugal com quatro jogadores, a Alemanha com três, França com dois e País de Gales com outros tantos são os países titulares da equipa maravilha da UEFA. Rui Patrício manda (e encanta) na baliza

Isabel Paulo

Michael Dalder

Partilhar

A UEFA já divulgou o 'onze' do Europeu de França e Portugal volta a ser o campeão indiscutível: Rui Patrício (Portugal), Joshua Kimmich (Alemanha), Jérôme Boateng (Alemanha), Pepe (Portugal), Raphael Guerreiro (Portugal), Toni Kroos (Alemanha), Joe Allen (País de Gales), Antoine Griezmann (França), Aaron Ramsey (País de Gales), Dimitri Payet (França) e Cristiano Ronaldo (Portugal).

O capitão português, nomeado para a melhor equipas nas anteriores edições de 2004 e 2012, e Pepe, escolhido em 2008 e 2012, são os repetentes ilustres da equipa da UEFA, sendo que Cristiano Ronaldo já integrava a melhor equipa de todos os Europeus selecionada ainda antes do torneio francês.

A eleição da equipa-maravilha foi feita não por um mas por 13 observadores, painel liderado pelo diretor técnico da UEFA Ion Lupescu e que inclui nomes tão consagrados como Sir Alex Ferguson, Alan Giresse, David Moyes e ainda Packie Bonner, Mixu Paatelainen, Savo Milosevic, Peter Rudbaek, Gareth Southgate, Thomas Schaaf, Jean-Fraçois Domergue, Ginés Meléndez e Jean-Paul Brigger.

A escolha dos observadores foi feita com base em vários critérios previamente definidos. No mínimo, todos os jogos contaram com dois técnicos-observadores, cujos relatórios serão divulgados em setembro na página UEFA.com.

Sir Alex Ferguson, embaixador da UEFA, referiu que após uma breve reunião o painel escolheu “os melhores protagonistas das melhores equipas do Euro 2016”. “Escolhemos centrais dominadores, defesas que defendem e atacam, médios que sabem controlar o jogo e a sua dinâmica, atacantes criativos e ffléxíveis, capazes de criarem oportunidades de golo e marcá-los”, revela o antigo treinador do jovem CR7 na sua epopeia além-fronteiras.

O inesquecível manager dos anos de ouro do Manchester United acredita que este 11 selecionados representam o melhor do Europeu.