Euro 2016

Perfil

Câmara de Lisboa atribui Medalha de Honra da cidade à seleção portuguesa

A Câmara de Lisboa aprovou hoje, por unanimidade, um voto de saudação e a atribuição da Medalha de Honra da cidade à seleção nacional de futebol por "elevar bem alto o nome de Portugal", ao vencer o Euro 2016.

© Reuters Staff / Reuters

Partilhar

No documento apreciado em reunião camarária privada, e ao qual a agência Lusa teve acesso, lê-se que "o dia 10 de julho de 2016 ficará para a história do desporto" no país, já que a conquista do título "é um dos maiores e mais importantes e prestigiosos feitos desportivos alcançados por Portugal numa modalidade que tem uma enorme popularidade e mediatismo".

A proposta, subscrita por todas as forças políticas - a maioria PS (que inclui os Cidadãos por Lisboa), PCP, PSD e CDS -, acrescenta que esta foi uma "obra valorosa que fez ecoar bem alto o nome de Portugal por todo o mundo".

"Aquela era a taça que todos queriam. Foi com muito mérito, determinação e demonstração de capacidade que Portugal a mereceu conquistar", salientam os vereadores.

A autarquia aponta que em causa estão "êxitos individuais e coletivos que também revelam o mérito e a qualidade do trabalho diário dos técnicos e dirigentes da Federação Portuguesa de Futebol e dos clubes de origem e de formação dos jogadores da seleção nacional".

Por isso, a federação também receberá a Medalha de Honra da cidade.

Portugal sagrou-se no domingo campeão da Europa de futebol pela primeira vez na História, ao vencer na final a anfitriã França por 1-0, após prolongamento, com um golo de Éder, aos 109 minutos, no Stade de France, em Saint-Denis.

Em Lisboa, o epicentro dos festejos de domingo foi a praça Marquês de Pombal, mas também houve comemorações na Alameda D. Afonso Henriques e no Terreiro do Paço, locais que tiveram ecrãs gigantes a transmitir o jogo.

Na proposta, o executivo recorda que as celebrações se alargaram ao dia seguinte, com a chegada da seleção à capital portuguesa.

"Milhares de adeptos concentraram-se, desde muito cedo, no aeroporto Humberto Delgado, aguardando a chegada dos campeões portugueses, os quais exibiram o troféu ao longo de um percurso pelas ruas da capital, sempre acompanhados e saudados por outros milhares de cidadãos, numa relação de empatia constante com os jogadores a retribuírem o carinho e apoio de todos os seus adeptos", refere.

A seleção portuguesa tornou-se a segunda na história da competição a vencer a equipa da casa na final, 12 anos depois de ter perdido por 1-0 com a Grécia a do Euro 2004, em pleno Estádio da Luz, em Lisboa.

Na passada segunda-feira à tarde, os funcionários da Câmara tiveram tolerância de ponto para festejar o título.


Lusa