Euro 2016

Perfil

GRUPO F

Cédric: “É normal que eles se fechem, Portugal é um grande nome”

Depois de um empate que foi mais uma derrota do que outra coisa qualquer, os jogadores portugueses não estiveram com grandes conversas com os jornalistas. Cédric Soares foi dos poucos que aceitou analisar o inesperado 0-0 contra a Áustria

Cédric Soares é lateral direito do Southampton, na Premier League

FRANCISCO LEONG

Partilhar

O que faltou para Portugal ganhar? Para além da sorte.
Pois, acho que só faltou sorte, não é? Acho que trabalhámos bem, fomos muito superiores no jogo, criámos muitas oportunidades, mas infelizmente não conseguimos chegar ao golo. A bola batia em todo o lado e não conseguimos o golo. Mas acho que se continuarmos a trabalhar desta maneira a sorte vai aparecer, porque quem procura no final acaba sempre por ser feliz.

Nos próximos dias os treinos têm de ser só de finalização?
Não tem a ver com isso. Acho que os jogadores estão bastante bem, criámos muitas oportunidades e finalizámos muito bem, mas acho que o guarda-redes deles acabou por fazer um excelente jogo. Tenho a certeza que já no próximo jogo vamos chegar ao golo e conseguir vencer a Hungria.

O que podemos esperar de diferente frente à Hungria?
Temos de ganhar e vamos trabalhar para isso, como fazemos em todos os jogos. Nesse jogo ainda mais, porque precisamos de vencer o jogo, sem dúvida alguma. Vai ser um jogo disputado. Sabemos que a Hungria tem boa equipa, como já demonstrou, mas claro que nós temos de nos assumir. Temos de assumir o nosso favoritismo e lutarmos para vencer logo desde o primeiro minuto.

Estavas à espera de jogar?
Não, eu preparo-me sempre como se fosse jogar e acaba por ser uma decisão do treinador e não minha. A nossa missão é estarmos sempre preparados para quando formos chamados darmos o nosso melhor e ajudarmos Portugal.

A Islândia fechou-se muito e Portugal teve dificuldades, e com a Áustria acabou por ser semelhante.
É normal que se fechem, respeitam Portugal. Portugal é um grande nome e as outras equipas sabem do nosso valor, por isso acabam por tomar algumas precauções. Mesmo assim, penso que desbloqueámos bastantes vezes o caminho para a baliza. Infelizmente, como disse, só faltou o golo, mas é uma questão de pormenor.