Tribuna Expresso

Perfil

Futebol feminino

Seleção feminina faz história na Holanda

A seleção feminina de futebol venceu pela primeira vez um jogo numa fase final, ao derrotar a Escócia, por 2-1, no segundo jogo da fase de grupos do Euro-2017 que decorre na Holanda

Expresso

O nome da alentejana Carolina Mendes irá ficar para a história: marcou o primeiro golo da seleção feminina numa fase final

Maja Hitij/Getty

Partilhar

27. Este é o número que vai ficar para a história do futebol feminino português. O nome, esse, é o da alentejana Carolina Mendes (recorde aqui a entrevista que concedeu à Tribuna Expresso), a jogadora que marcou o primeiro golo da seleção feminina de futebol numa fase final de uma competição sénior, ao colocar as portuguesas em vantagem frente à Escócia, na 2ª jornada do grupo D do Euro-2017, aos 27 minutos.

Depois de uma estreia pouco auspiciosa no jogo inaugural na prova (derrota por 0-2 frente à poderosa Espanha), esperava-se um Portugal mais ambicioso frente à Escócia, uma seleção bem mais próxima do nível português (21ª do ranking mundial - Portugal é 38ª), que tinha sido goleada pela Inglaterra (0-6).

Com Amanda Costa e Carolina Mendes no onze, por troca com Suzane Pires e Ana Leite, Portugal entrou com o mesmo 4-4-2 losango cauteloso e por pouco não era surpreendido logo nos primeiros minutos, bastante mais favoráveis às escocesas. Em frente a uma baliza deserta, Lana Clelland falhou o remate na bola e, na tentativa seguinte, enviou a bola ao poste.

Numa transição rápida contra a corrente do jogo, Dolores Silva lançou a velocidade de Diana Silva, que encontrou Carolina Mendes na área, depois de um falhanço clamoroso de Barsley, que parecia ter o lance controlado.

A equipa que iniciou o jogo contra a Escócia

A equipa que iniciou o jogo contra a Escócia

Maja Hitij/Getty

Portugal saiu para o intervalo em vantagem e, na 2ª parte, entrou de forma bem mais personalizada, tendo mais posse de bola e procurando bem mais o ataque. Ainda assim, foi a Escócia a conseguir empatar, aos 68', através da recém-entrada Cuthbert, jogadora do Chelsea, após uma desatenção de Sílvia Rebelo, que deixa a adversária em jogo.

Não houve tempo para o golo abalar a seleção portuguesa, uma vez que, pouco depois, Francisco Neto colocou em campo Ana Leite, por troca com Carolina Mendes, e a avançada respondeu na perfeição. Após um pontapé de baliza longo de Patrícia Morais, Amanda Costa cabeceia a bola para a profundidade e Ana Leite, ganhando em velocidade frente a Barsley, rematou para golo perante a guarda-redes escocesa.

A Escócia ainda pressionou as portuguesas nos minutos finais, com Weir a enviar uma bola ao poste, mas o resultado manteve-se: 2-1 para Portugal. Vitória histórica para as portuguesas, que somam os primeiros três pontos no Euro-2017, igualando na classificação Inglaterra e Espanha, que jogam ainda esta noite (19h45, Eurosport). Na próxima jornada, Portugal defronta Inglaterra, 5ª classificada do ranking mundial.

  • Foi uma estreia, mas também foi uma lição em 45 minutos

    Futebol feminino

    Portugal perdeu por 2-0 frente à Espanha no histórico primeiro jogo da Seleção Nacional feminina num Campeonato da Europa. O resultado foi digno, mas não deixa de ser simpático para Portugal: as diferenças no ranking também se viram no campo, principalmente na 1.ª parte, quando a Espanha dominou a toda a linha

  • A estreia de Portugal no Europeu feminino: “Ainda estamos a gatinhar”

    vídeo

    A seleção portuguesa de futebol feminino estreou-se esta quarta-feira com uma derrota no Europeu, que decorre na Holanda. Portugal perdeu por 2-0 com a Espanha, no arranque do grupo D, enquanto a Inglaterra goleou a Escócia por 6-0. Mariana Cabral, jornalista do Expresso, esteve na Edição da Noite para analisar a prestação da equipa lusa