Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Em direto: “um minuto de silêncio para estas pessoas com quem compartilhamos um sonho, uma dor”

Em desenvolvimento

Multiplicam-se as homenagens às vítimas do acidente aéreo que matou dezenas de pessoas esta terça-feira. O Atlético Nacional, a equipa que iria defrontar a Chapecoense na quarta-feira para a final da Taça Sul-Americana de futebol, pediu que a equipa brasileira fosse declarada vencedora da competição. Às 22h15 (3h15 em Lisboa), o Avro RJ85 da companhia boliviana Lamia desapareceu do radar. Estava a cerca de 30 quilómetros do destino final, na Colômbia, quando caiu. Sete pessoas foram resgatadas com vida, mas uma não resistiu aos ferimentos. Neste momento estão confirmados 75 mortos

Partilhar

em desenvolvimento (refresque a página frequentemente para ver as atualizações mais recentes)

19h Encerramos aqui o nosso direto. Obrigada por nos ter acompanhado ao longo do dia.

18h10 Em novo comunicado, a Aeronautéica Civil columbiana fa zum novo balanço: 75 mortos e seis sobreviventes. Já foram recuperados 72 corpos.

18h08 José Carlos partilhou uma época no Estrela da Amadora com Caio Júnior, que foi uma das 75 vítimas mortais do acidente com o avião que transportava a equipa da Chapecoense. Recolhemos o seu depoimento sobre o treinador do clube brasileiro. Pode ler AQUI.

18h05 O Benfica juntou-se ao grupo de equipas que fezx um minuto de silêncio em memória das vítimas.

17h38 “Era fiel às notícias, nunca fantasiou nada. Não me sinto bem. O que me resta é trazer o corpo do meu filho. Segundo o que nos passaram, há um voo que sai amanhã [quarta-feira] de Porto Alegre, com escala em São Paulo. Vai para a Colômbia, pois não vão libertar os corpos sem o reconhecimento de um familiar”, disse Luiz Carlos Agnolin, pai de Renan Agnolin, um dos jornalistas que morreu no acidente, citado pela Globo.

17h19 Entre os 71 passageiros, 48 pertenciam à delegação da Chapecoense (jogadores, equipa técnica e membros da direção). Estavam ainda a bordo 21 jornalistas e dois convidados do clube.

17h15 De acordo com a polícia local, 59 corpos já foram levados do local do acidente.

16h09 O Atlético Nacional, que iria defrontar a Chapecoense na final da Taça Sul-Americana de futebol na quarta-feira, pede que o título seja entregue ao clube brasileiro como forma de homenagem.

15h33 O Atlético Nacional prestou também homenagem às vítimas do acidente.

15h13 Dilma Rousseff e Lula da Silva deixaram a sua mensagem de pesar.

14h54 O tipo de avião que caiu é utilizado frequentemente em viagens para aeroportos de difícil acesso, assim como é também cada vez mais usado no combate a incêndios, refere o Albuquerque Journal

14h48 O autarca de Medellín, Federico Gutiérrez, diz que a cidade está de luto e que estão desenvolver esforços com as autoridades brasileiras para que os familiares das vítimas possam deslocar-se até ao local do acidente.

14h27 O Vitória de Guimarães lamenta a morte de Caio Júnior, avançado brasileiro que integrou a sua equipa durante cinco anos. “O presidente do Vitória SC endereça as mais sentidas condolências aos familiares e amigos de Caio Júnior e lamenta ainda a tragédia ocorrida e que vitimou a Associação Chapecoense de Futebol”, refere a mensagem divulgada no site do clube

14h22 O Manchester United expressa o seu pesar a todos os afetados pela tragédia na Colômbia

14h12 Só este ano, a autoridade aérea colombiana registou 18 acidentes, seis na zona do desastre desta terça-feira.

14h09 Começam a chegar as primeiras imagens do local em que caiu o avião onde seguia a equipa da Chapecoense. As equipas de socorro estão no local, tendo já resgatado com vida seis pessoas - uma das quais acabou entretanto por morrer no hospital. Pode ver AQUI.

13h51 Este é o vídeo que está a comover o Brasil. Os jogadores da Chapecoense dentro do avião naquela que prometia ser só mais uma viagem.

13h44 A Aeronáutica Civil atualizaou a lista de sobreviventes. Encontram-se no hospital cinco pessoas: dois tripulantes, três jogadores e um jornalista.

13h28 “Estamos reunidos no estádio, acolhemos as famílias afetadas, as pessoas que amam a Chapecoense”, disse o vice-presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, em declarações à SportTV. Acrescentou, emocionado, que confia em Deus para “que a Chapecoense possa continuar a viver”.

Ivan Tozzo disse à Fox Sports que estava “para ir com eles”, mas na altura desistiu.
“É uma tristeza muito grande saber que todos os nossos jogadores, os nossos colegas, estavam no voo. A Chapecoense é motivo de alegria para toda a nossa região”, lamentou.

13h20 É com alegria e espírito de vitória que a Chapecoense quer que sejam lembrados os seus “guerreiros”.

13h19 Vários adeptos foram até ao Estádio do Arena Conda para prestar uma última homenagem aos jogadores que morreram no acidente aéreo. Pelos menos 75 pessoas morreram. Sete pessoas foram resgatadas com vida, mas uma não resitiu aos ferimentos

1 / 8

BIA PIVA / DIARIO DO IGUACU / HANDOUT

2 / 8

BIA PIVA / DIARIO DO IGUACU / HANDOUT

3 / 8

PAULO WHITAKER/ Reuters

4 / 8

PAULO WHITAKER/ Reuters

5 / 8

PAULO WHITAKER/ Reuters

6 / 8

PAULO WHITAKER/ Reuters

7 / 8

PAULO WHITAKER/ Reuters

8 / 8

PAULO WHITAKER/ Reuters

13h05 Polícia colombiano confirma a existência de seis sobreviventes no local do acidente.

13h02 A Chapecoense, clube do estado de Santa Catarina, no Brasil, com menos de meio século de existência, é um dos fenómenos recentes do futebol brasileiro, com a chegada ao primeiro escalão há três anos. As luzes da ribalta acenderam-se na comemoração dos seus 40 anos, em 2014, quando subiu pela primeira vez ao principal escalão do campeonato brasileiro. Saiba mais sobre o ‘Verdão do Oeste’ AQUI.

12h59 “Este é um dia muito, muito triste para o futebol”, refere Gianni Infantino, presidente da FIFA em comunicado.

12h56 No balneário da Chapecoense foi montado um altar em homenagem às vítimas.

12h54 Amanda Ruschel, mulher de um dos sobreviventes, garantiu pelas redes sociais que o marido está a recuperar.

Instagram

12h50 Radamel Falcao, antigo goleador do Futebol Clube do Porto, também já manifestou a sua solidariedade com as vítimas e suas famílias.

12h46 Adeptos da Chapecoense rezam pelos jogadores vítimas do trágico acidente aéreo junto ao estádio, em Santa Catarina, Brasil

12h43 À semelhança do Real Madrid, o Barcelona também fez uma homenagem aos jogadores que morreram no acidente.

12h26 As autoridades colombianas não colocam de parte a possibilidade de o avião ter ficado sem combustível durante a viagem, informou Alfredo Bocanegra, diretor da Aeronáutica Civil, citado pelo “El Colombiano”.

12h23 O avião partiu-se em três ao tentar fazer uma aterragem de emergência, segundo o "Globo". Aaeronave era um Avro RJ85 com 17 anos. O modelo já não é produzido desde 2002, acrescenta a mesma publicação.

12h21 Pode ser AQUI consultada a lista completa de sobreviventes, vítimas mortais e desaparecidos no desastre de avião.

12h19 No avião seguiam 21 jornalistas brasileiros que acompanhavam a equipa de futebol da Chapecoense, noticia o “Estado de S. Paulo”. Entre os passageiros encontravam-se profissionais da Globo, da Fox, do grupo RBS e de oito rádios brasileiras, além de comentadores desportivos.

12h14 A lista de pessoas resgatadas com vida divulgada pela Aeronáutica Civil colombiana.

12h10 A história do futebol já foi marcada por vários acidentes aéreos. Dez equipas de futebol já foram vítimas de acidentes de avião. Pode consultar a cronologia AQUI.

12h08 A Chapecoense ia disputar, esta quarta-feira, com os colombianos do Atlético Nacional, a primeira mão da final da Taça Sul-Americana de futebol. Após o acidente, a Confederação Sul-Americana de Futebol decidiu suspender todos os jogos que tutela.

12h04 A equipa do Real Madrid faz um minuto de silêncio em memória das vítimas do acidente.

BALLESTEROS

11h45 Um avião despenhou-se na madrugada desta terça-feira em Rionegro, arredores de Medellín, na Colômbia. A bordo seguia a equipa de futebol brasileira da Chapecoense, da primeira divisão brasileira. Pelo menos sete pessoas foram resgatadas com vida. Antigo guarda-redes do Sporting, Marcelo Boeck, pediu dispensa de jogo e escapou ao acidente

A aeronave iniciou a viagem na segunda-feira à noite e chegou a fazer escala em Santa Cruz de La Serria, na Bolívia, pertencia à companhia área Lamia e perdeu o contacto com a torre de controlo quando estava a sobrevoar o município de La Ceja, perto de Medellín.