Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Agora é mesmo a sério: Gareth Southgate será selecionador inglês nos próximos quatro anos

Depois de quatro jogos como interino, Gareth Southgate foi esta quarta-feira confirmado como selecionador de Inglaterra. Sucede assim oficialmente a Sam Allardyce, que deixou o cargo em setembro

Lídia Paralta Gomes

Comentários

Laurence Griffiths/Getty

Partilhar

Chamado para tapar o buraco criado pelo “caso Sam Allardyce”, Gareth Southgate parece ter convencido a Federação Inglesa nos três jogos que realizou como interino e foi confirmado esta quarta-feira como selecionador inglês para os próximos quatro anos.

Aos 46 anos e após três anos como selecionador dos sub-21, Southgate é assim o substituto oficial de Allardyce, que esteve apenas 67 dias no cargo e foi obrigado a abdicar em setembro, após ter sido apanhado no meio de um caso de esquemas fraudulentos de transferências. Nos três jogos de qualificação para o Mundial de 2018 em que esteve à frente da equipa principal, Southgate somou duas vitórias e um empate. Fez ainda um particular com a Espanha, que terminou com uma igualdade (2-2).

“É um grande orgulho ser nomeado selecionador de Inglaterra. Estou consciente de que conseguir o trabalho é uma coisa, agora quero fazer este trabalho com sucesso”, sublinhou o técnico no momento da oficialização do acordo.

“Gostei muito de trabalhar com os jogadores nestes quatro jogos e acredito que há um potencial imenso. Estou determinado em dar tudo o que tenho para que este país tenha uma equipa por quem sinta orgulho e prazer em vez jogar. Para mim, o trabalho difícil começa agora”, frisou ainda Southgate, que começou a carreira de treinador em 2006, no Middlesbrough.