Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

O guia para uma existência feliz: Farto de rabanadas? Não se preocupe, esta segunda-feira há Boxing Day

Depois de dias de mesas fartas, nada como uma boa tarde de futebol: segunda-feira joga-se a jornada do Boxing Day na Premier League, uma tradição com 154 anos. Conheça o programa das festas de 2016 e as curiosidades históricas de um dos dias prediletos dos amantes da bola

Lídia Paralta Gomes

O líder Chelsea recebe o Bournemouth, um dos jogos da maratona de futebol que é o Boxing Day

Ian Walton

Partilhar

A doutrina diverge, mas ao fim e ao cabo é tudo uma questão de solidariedade. Falamos da origem do Boxing Day. Poderá vir da Idade Média e das caixas de doações colocadas durante o advento nas portas das igrejas e abertas no dia depois do Natal, para distribuir aos pobres. Poderá ter nascido no século XVII, diz-nos o dicionário Oxford, quando os senhores endinheirados autorizavam os seus servos a visitar as famílias no dia a seguir ao Natal, oferecendo-lhes uma caixa com presentes, dinheiro e até sobras de comida.

Para nós, comuns mortais amantes de futebol, o Boxing Day é o dia em que somos salvos. E isso também é uma forma de solidariedade. Obrigada futebol inglês, por nos arrancares da mesa dos doces e nos levares diretamente para o sofá, em frente à televisão. Porque tão tradicional quanto abrir os presentes à meia-noite de 24 para 25 de dezembro, é no dia 26 de dezembro haver jornada de Premier League. Até porque estamos a falar de uma tradição de 156 anos, mais de um século de romaria dos britânicos aos estádios de futebol logo a seguir aos festejos de Natal.

26 de dezembro de 1860, Sandygate Road, em Sheffield, Inglaterra. O Sheffield F.C. bate o Hallam F.C. por 2-0. Há muita história neste jogo: foi o primeiro dérbi da história do futebol moderno, no mais antigo campo de futebol de que há registo e, mal eles sabiam, iniciou essa bela tradição pós-natalina que é o Boxing Day.

Christopher Lee/Getty

Este ano o cardápio tem oito jogos, começa com o Watford-Crystal Palace, às 12h30, passa, por exemplo, por um Manchester United-Sunderland às 15h, mesma hora em que o líder Chelsea recebe o Bournemouth e, mais para norte de Londres, o Arsenal joga com o West Bromwich. A jornada termina com a visita do Hull City a casa do Manchester City, às 17h15.

Dados curiosos é coisa que não falta ao Boxing Day. Seguem alguns:

Mourinho invicto?

José Mourinho estreia-se no Boxing Day como treinador do Manchester United esta temporada. E esta é uma data em que normalmente é feliz: em cinco jogos disputados a 26 de dezembro como treinador do Chelsea, o português venceu quatro e empatou um. Frente ao Sunderland, Mourinho vai tentar manter-se invicto no Boxing Day.

Rei Cristiano

Melhores números tem Cristiano Ronaldo, que em seis encontros jogados no Boxing Day pelo Manchester United, venceu sempre, tendo ainda três golos marcados: dois contra o Wigan, em 2005/06 (vitória por 3-1) e um contra o Sunderland, em 2007/08 (triunfo por 4-0).

O ManU adora o Boxing Day

Ainda os red devils: desde o arranque da Premier League, em 1992/93, que o Manchester United é a equipa mais vitoriosa. Em 22 jogos, o United tem 18 vitórias, dois empates e duas derrotas. A última derrota foi precisamente na época passada, 2-0 frente ao Stoke City, numa altura em que a equipa na altura orientada por Louis Van Gaal procurava a 12.ª vitória consecutiva no Boxing Day. Agora, está nas mãos de José Mourinho conseguir a vitória número 19.

Em sentido contrário, o atual campeão inglês, o Leicester, venceu apenas um em dez jogos disputados no Boxing Day. Em 2015 foi derrotado pelo Liverpool (1-0).

Rooney e Defoe em pé de guerra

Um dos jogos mais interessantes do Boxing Day de 2016 é o Manchester United-Sunderland, até porque há um duelo bem particular de goleadores. Do lado dos Black Cats está Jermain Defoe, que é o melhor marcador do Boxing Day ainda no ativo. O avançado de 34 anos tem seis golos, mas é seguido de perto por Rooney, que leva quatro golos em jogos disputados a 26 de dezembro. Ambos ainda estão distantes do maior goleador do Boxing Day: Robbie Fowler marcou nove vezes em 10 jogos.

Chuva de golos

Já se sabe que a quadra natalícia é dada a alguns excessos alimentares e talvez por isso a concentração dos jogadores não seja a melhor. Isto poderá explicar o facto do Boxing Day ser pródigo em resultados volumosos. Na última temporada, por exemplo, o Southampton venceu o Arsenal por 4-0 (José Fonte marcou um dos golos) e o Manchester City bateu o Sunderland por 4-1. Em 2012, houve um 4-3 no Manchester United-Newcastle. E em 2007 registou-se um 4-4 no Chelsea-Aston Villa.

Mas nada se compara à época 1963/64, em que se marcaram 66 golos em 10 jogos, uma média de 6,6 golos por jogo - é a jornada do campeonato inglês com melhor média de golos de sempre. Numa ronda em que sete jogadores conseguiram marcar hat-tricks, o Fulham venceu o Ipswich por 10-1 (sim, 10-1), o Blackburn bateu o West Ham por 8-2 e houve ainda um 4-4 no West Bromwich-Tottenham, só para dar alguns exemplos.

Eles não querem jogar

Não somos nós a dizer, é mesmo Howard Webb, antigo árbitro internacional inglês agora na reforma. Numa entrevista à BT Sports, Webb revelou que muitos jogadores em risco de exclusão lhe pediam amarelos antes do Boxing Day, para assim terem folgas alargadas no Natal: “É algo que os adeptos provavelmente não gostarão de ouvir, mas aconteceu. Várias vezes, nas jornadas que antecediam o Boxing Day, os jogadores pediam-me para lhes mostrar o amarelo. Em alguns casos podia dar origem a suspensão e os jogadores queriam folgas porque não queriam passar o Natal a treinar no dia 25 e sem a família”. Webb não apontou nomes, mas ninguém ficará surpreendido com as suas palavras.

Os jogos de 2016

Normalmente a jornada do Boxing Day joga-se toda a 26 de dezembro, algo que não vai acontecer este ano, pela primeira vez desde 2012/13. O Liverpool-Stoke City joga-se na terça-feira, dia 27, e o Southampton-Tottenham está marcado para o dia seguinte. Ainda assim, há muito e bom futebol para ressacar do Natal.

Watford-Crystal Palace (12h30)

Leicester-Everton (15h00)

Manchester United-Sunderland (15h00)

Swansea-West Ham (15h00)

Chelsea-Bournemouth (15h00)

Burnley-Middlesbrough (15h00)

Arsenal-West Bromwich (15h00)

Hull City-Man. City (17h15)

Partilhar