Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Philipp Lahm: zero expulsões, 37 amarelos e 16 golos e (agora) 500 jogos

O capitão do Bayern fez história este sábado. Ao substituir Rafinha no jogo contra o Schalke 04, completou o jogo número 500 pelo clube de Munique.

Filipa Bulha Pereira

GUENTER SCHIFFMANN

Partilhar

Chama-se Philipp Lahm e estreou-se em 2002 com a camisola do Bayern, frente ao Lens. Desde então, já jogou 500 jogos pelo clube.

A marca histórica foi atingida este sábado, no jogo do clube alemão contra o Schalke 04. Entrou perto do fim, aos 77 minutos, para substituir Rafinha. Foi o suficiente para fazer história.

O clube de Munique contava com apenas oito jogadores a atingir essa marca: Kahn, Maier, G. Muller, Beckenbauer, Augenthaler, Schwarzenbeck, Durnberger e Schweinsteiger. Lahm foi o nono.

E se esta “nota” de 500 não for suficiente, há mais valores em cima da mesa (ou dentro do campo). Em 500 jogos, Lahm conta com zero expulsões, 37 cartões amarelos e 16 golos marcados (não nos esqueçamos que falamos de um defesa).

O jogador tem tido uma carreira exemplar no Bayern, onde já se encontra há doze épocas. Pelo meio, passou pelo Estugarda, num empréstimo de dois anos.

Esteve presente nestes títulos: sete Bundesligas, uma Liga dos Campeões, uma Supertaça Europeia, um Mundial de clubes e um Mundial de seleções, no Brasil.

E falando em números, podemos ainda dizer que a seleção alemã contou com a presença do camisola 16 (21 no Bayern) em mais de 100 jogos. Em 2014, porém, o atleta despediu-se do futebol internacional.

No final da próxima época, termina o contrato com o clube de Munique. Resta saber se se despede definitivamente do futebol ou se por lá fica mais uns tempos. Olhando para o percurso de Lahm, o Bayern não se importaria, com certeza, de manter o capitão na equipa.

Para já, sabe-se que o jogador não tenciona sair da Europa e que sonha terminar a carreira no Allianz Arena.