Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

No duelo dos piores, Andorra quebrou um jejum de 13 anos sem vencer. Fica para a próxima, São Marino

Duas das piores selecções cotadas no ranking da FIFA defrontaram-se. Andorra celebrou uma vitória que não conquistava desde 2004. São Marino ganhou pela última vez nesse ano

Francisco Perez

PASCAL PAVANI

Partilhar

As selecções de Andorra e de São Marino defrontaram-se esta quarta-feira, num jogo amigável. Os andorranos triunfaram por 2-0 no Estádio Olímpico de Serravalle, graças aos golos de Lima e de Martínez.

Qual o interesse do jogo? À partida, nenhum. No ranking FIFA das selecções, Andorra e São Marino surgem em 203º e 202º, respetivamente – destaque para o facto da lista compreender 209 equipas. O ângulo é outro.

Além da vitória, a formação orientada por Jesus Alvarez tem mais um motivo para sorrir. Os andorranos não venciam um encontro desde 13 de Outubro 2004, o que equivale a 86 partidas sem vitórias. Na altura, bateram a Macedónia por 1-0, num jogo de qualificação para o Mundial de 2006. Mas não marcaram presença na Alemanha.

Depois de uma derrota, ninguém fica satisfeito. Mas São Marino não deve ter ficado satisfeito em perder este amigável, já que perdeu a possibilidade de pôr um ponto final a um jejum de 75 partidas sem vencer.

A última vitória da equipa de Angelo Manzaroli remonta a 28 de Abril do mesmo ano, quando levou a melhor sobre o Liechtenstein por 1-0, também num particular.

Andorra poderá dar sequência a esta vitória a 25 de Março frente às Ilhas Faroé, num encontro a contar para a qualificação para o Mundial de 2018.

Já a selecção de São Marino terá nova oportunidade de quebrar este ciclo negativo a 19 do mesmo mês, diante da Moldávia, num amigável.