Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Com a ajuda da seleção e de Zico, Chapecoense recebe quase €900 mil em doações após tragédia

Jogos amigáveis para arrecadar dinheiro para as familias das vítimas foram a principal fonte de renda da equipa brasileira após tragédia em novembro

Evandro Furoni

Vanderlei Almeida/Getty

Partilhar

A equipa brasileira da Chapecoense divulgou eesta sexta-feira os valores recebidos de doações desde o acidente aéreo que atingiu o clube quando viajava para a final da Copa Sul-Americana.

Ao todo, foram transferidos €889 mil para a equipa, que dará o dinheiro para as famílias das vítimas.

Os maiores valores doados foram de jogos de beneficiência. O jogo Brasil x Colômbia arrecadou € 313 mil. O amigável contra o Palmeiras, a primeira partida da equipa desde o acidente, arrecadou €191 mil. O tradicional jogo de fim de ano do ex-jogador Zico também transferiu a renda para as vítimas, e arrecadou €61 mil.

Foram enviados €209 mil através da contribuição de empresas, enquanto outros €14 mil foram recebidos de doações individuais.

Além das doações, os brasileiros lançaram uma campanha para reerguer a equipa. Muitos adeptos mobilizaram-se e tornaram-se sócios da Chapeconse e o clube chegou a ganhar 3 mil novos associados em três meses.

O clube foi obrigado a interromper momentaneamente a inscrição de novos sócios face ao volume de pedidos.

D.R

A queda do voo LaMia 2933 matou 71 pessoas, a maior parte das quais da equipa e comissão técnica da Chapecoense. Apenas três jogadores, um jornalista e dois membros da tripulação sobreviveram.

Nota: A SIC Radical transmite jogos do Paulistão, Cariocão e Brasileirão

Partilhar