Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Walter vai voltar a vestir a camisola do “dragão” até ao final do ano

O avançado brasileiro, ex-FC Porto, foi contratado pelo Atlético Goianiense, depois de ter sido despedido do Góias

Francisco Perez

Weimer Carvalho/Getty

Partilhar

O Atlético Goianiense anunciou esta terça-feira a contratação do avançado Walter, que estava sem clube depois de ter sido despedido do Goiás na sequência de uma agressão a um colega de equipa.

Depois de ter dado uma cotovelada ao guarda-redes Matheus durante um treino, a direção do clube rescindiu contrato com o jogador de 27 anos.

A mudança não será muito longa, já que o brasileiro, cujo passe pertence ao FC Porto, assinou com um dos maiores rivais do “esmeraldino”, também de Goiânia. A equipa disputa a Série A, ao contrário do Goiás que militava no segundo escalão.

“Um jogador do nível do Walter traz consigo uma confiança e uma motivação muito grande para o plantel”, declarou Adson Batista, diretor de futebol do emblema “rubro-negro”.

Walter chegou a Portugal em 2010/11, mas nunca foi capaz de convencer os “azuis e brancos”, tendo sido sucessivamente emprestado a clubes brasileiros, como o Cruzeiro, o Fluminense, o Atlético Paranaense e o Góias.

Depois de uma primeira passagem entre 2012 e 2013, o avançado regressou a Goiânia, mas a experiência não estava correr da melhor maneira, dado que em 16 jogos, apenas marcou por três vezes.

Walter vai vestir a camisola do “dragão” (este é outro "dragão", bem entendido), até 31 de dezembro de 2017. O jogador apenas poderá ser utilizado nos jogos da Série A, visto que já foi utilizado no Campeonato Estadual de Goiânia e na Taça do Brasil.