Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Benatia renunciou à seleção de Marrocos. Mas só até ser titular na Juventus

O defesa marroquino é o capitão da seleção e chegou esta temporada à pentacampeã italiana, mas não tem sido opção regular para Massimiliano Allegri

Francisco Perez

Medhi Benatia chegou esta temporada à Juventus, por empréstimo do Bayern de Munique

Marco Luzzani/Getty

Partilhar

Medhi Benatia, defesa que atualmente alinha na Juventus, anunciou esta quarta-feira que não voltará a jogar pela seleção de Marrocos até garantir a titularidade no clube italiano.

O jogador de 29 anos, que esteve terça-feira em campo durante uma hora no encontro frente ao FC Porto, anunciou a decisão nas redes sociais, onde justifica a mesma com a falta de ritmo de jogo.

“É com grande emoção que decidi renunciar à equipa nacional, até a minha situação no meu clube evoluir. É uma decisão difícil, mas que foi bem ponderada”, escreveu.

Instagram

Benatia chegou esta temporada à “Vecchia Signora” por empréstimo do Bayern de Munique, mas não tem sido aposta regular de Massimiliano Allegri, tendo participado apenas em 14 dos 44 jogos disputados pela pentacampeã italiana.

“Hoje, penso que é injusto jogar na seleção sem competir o suficiente e por isso retirar o lugar de outro jogador mais apto. Apesar do meu estatuto enquanto capitão, não estou acima das regras e julgo que a situação não é correta”.

O central marroquino representa a formação africana há dez anos, tendo somado 49 internacionalizações.

O próximo jogo da seleção está marcado para 23 de março, diante do Burquina Faso. No final dos 90 minutos, a única garantia é a de que Benatia não estará na ficha de jogo.