Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Um recado para o United: Zlatan não está para perder tempo

O Manchester United empatou contra o Everton (1-1) e Zlatan Ibrahimovic não ficou contente. E deixou em aberto a sua saída do clube

Patrícia Gouveia

OLI SCARFF

Partilhar

Se vai ou se fica, ainda ninguém sabe. A permanência de Zlatan Ibrahimovic no Manchester United continua a deixar dúvidas entre os adeptos dos 'reds devils' - e, depois do empate caseiro ontem a 1-1, contra o Everton, a questão ganhou ainda mais força.

Isto porque, à Manchester United TV, o jogador sueco garantiu que o seu futuro não está decidido. E deixou ainda um recadinho aos dirigentes do Man. United - treinador José Mourinho incluído: "Vim para ganhar, não para perder tempo."

O frustrante empate (mais um) só foi conseguido pelos pés de Ibrahimovic, que de penálti igualou o marcador quase ao apito final do árbitro (90+4 minutos).

O jogador sueco a marcar o penálti contra o Everton, ontem, que valeu o empate ao Manchester United.

O jogador sueco a marcar o penálti contra o Everton, ontem, que valeu o empate ao Manchester United.

OLI SCARFF

O avançado sueco deixou claro que não está impressionado com a trajetória atual do United e garante que a continuidade dependerá do rumo da equipa no campeonato e na Liga Europa.

"Tenho 35 anos e há muitas coisas para resolver. Se tivesse algo decidido já teria dito. Dependerá do que acontecer no campeonato e na Liga Europa. Vim para cá, sem Liga dos Campeões e para uma equipa que não era favorita para conquistar o título, mas que me convenceu pelo projeto. Vim para ajudar, vim para fazer o que posso fazer, então vamos ver o que acontece", afirmou.

Nos últimos dias, Ibra tem sido apontado como reforço dos americanos do LA Galaxy, que actuam na Major League Soccer (MLS).

Com este resultado, o Manchester United, em 29 jogos para a Premier League esta época, tem quase tantos empates (12) como vitórias (14), e ocupa o 5º lugar, com 54 pontos, menos 15 do que o líder Chelsa.